Maltanet 14292264484765

O CRB poderia dar um grande passo rumo à classificação no Campeonato Alagoano. Porém, o time regatiano não contava com uma tarde de quinta-feira (16) onde nada daria certo no estádio Arnon de Mello em Santana do Ipanema, perdendo pênalti e sendo derrotado por 1 a 0 pelo Ipanema.

O resultado manteve o CRB na terceira posição do Grupo B com 12 pontos. Na próxima rodada o time regatiano recebe o CEO no estádio Rei Pelé. O Ipanema por sua vez, segue na lanterna do Grupo A com 6 pontos, mas já deixa a última posição da competição com o Murici. No final de semana, o “Canarinho do Sertão” vai até Arapiraca enfrentar o ASA.

O JOGO – 1º TEMPO

Desde o começo do jogo o Ipanema se mostrou mais apto ao jogo. A preocupação do CRB com o gramado ruim se confirmou e o time regatiano não conseguia se encontrar em campo. Para piorar a situação, aos 10 minutos de jogo, lançamento na área, Braw tentou uma meia bicicleta, o goleiro Bruno espalmou e no rebote, Palhinha acertou um petardo e mandou para o fundo do gol.

O jogo era movimentado, o time do Ipanema continuava tocando mais a bola e saindo para o jogo, enquanto o CRB tentava, mas tinha sérias dificuldades para trabalhar a bola. Com isso, através das bolas paradas, o time ainda chegava, mas não assustava.

As tentativas frustradas estavam irritando o time maceioense. Zé Carlos, conhecido por ser “cabeça quente”, acabou se estranhando com Leandro do Ipanema, mas os jogadores logo foram separados.

E assim o primeiro tempo foi encerrado, com o “Canarinho do Sertão” superior e na frente do placar diante do favorito CRB.

2º – TEMPO

Na volta para o segundo tempo, o CRB parou de insistir na bola rolando e tentava nos lançamentos e chutes de longa distância. João Henrique e Dudu tentaram. Mas, foi justamente em uma jogada trabalhada que o CRB ficou perto do gol.

Zé Carlos invadiu a área e foi derrubado por Toninho. O árbitro apontou a penalidade e mostrou cartão amarelo para o defensor sertanejo. Alguns torcedores pediram Zé Carlos, mas o meia Fernando, artilheiro do time foi para a bola, encheu o pé e mandou no travessão, perdendo a chance do empate.

O Ipanema acordou no jogo e voltou a dominar as ações de ataque. O time da casa por duas vezes ainda assustou com Braw e Palhinha, ambos parando no goleiro Cris, que tentava consertar os vacilos da defesa regatiana.

Até o final do jogo, o CRB tentou impedir as jogadas do Ipanema pelo meio de campo. Com isso, o duelo se tornou faltoso. Melhor para o Ipanema, que aproveitava qualquer momento para segurar e administrar o resultado.

Diante de substituições e paralisações, o árbitro José Reinaldo Figueiredo concedeu seis minutos de acréscimo. Mesmo assim, o duelo acabou com vitória do Ipanema por 1 a 0 sobre o CRB.