Lulinha 14423255910611 Luana Menezes

A Missa do Vaqueiro, realizada há 11 anos pelo vereador José Edivan Menezes, mais conhecido como “Vaninho”, reuniu centenas de vaqueiros de toda a região, durante todo o dia do domingo (13), no povoado Promissão, em Inhapi. De noite, uma multidão lotou a praça central do povoado para participar das atrações musicais da festa.

Como acontece todos os anos, os vaqueiros e vaqueiras que chegaram de várias cidades sertanejas de Alagoas, Bahia e Pernambuco foram recebidos na residência do organizador da festa. Depois de se alimentar, grande parte da vaqueirama participou de uma competição de cavalo baixeiro, onde foi premiada até o sexto lugar a dupla de vaqueiros que fez os cavalos andarem em ritmo e pisadas simultâneos.

Depois disso, foi realizada a procissão do Senhor do Bonfim, que acontece desde a primeira edição do evento. Montados em cavalos, carroças de burro e carros de boi, centenas de vaqueiros percorreram um trecho de estrada de terra de quase 2 quilômetros até retornarem para o local de concentração.

Um palco foi montado na praça principal do povoado, onde o pároco do município, Clóves Rodrigues, celebrou a tão esperada missa do vaqueiro. Com um chapéu de couro na cabeça, o padre rezou e até cantou toadas junto com os cantadores Afonso Belarmindo.

Logo depois da missa, foi realizada a entrega da premiação dos vencedores da competição de cavalo baixeiro e troféus para o vaqueiro mais velho e mais novo, a rainha do vaqueiro. Na sequência, foi realizado o sorteio de celas novas para a vaqueirama. A farra terminou no fim da noite, com os shows dos Catuabas e Garotos das Vaquejadas.

O presidente do Instituto de Metrologia e Qualidade de Alagoas (Inmeq), Luiz Pedro Brandão, futuro candidato a prefeito de Mata Grande, esteve presente. “Nasci e me criei no Sertão e sei da importância de uma festa dessa. O vereador Vaninho está de parabéns, porque entende que mesmo diante das dificuldades, o importante é sempre valorizar o sertanejo e sua cultura, como tenho feito junto com meu pai, Celso Luiz, em Canapi”, disse.

O jovem Luiz Celso Filho, mais conhecido como “Tenorinho Malta”, que pretende concorrer ao cargo de prefeito do município, também esteve presente e falou sobre a importância da festa para a manutenção da cultura nordestina. “Participo de eventos voltados para vaqueiros desde criança e sempre observei o significado dessas festas para cada sertanejo que participa. É uma cultura nordestina que está sendo mantida viva”, disse.

Participante de quase todas as edições da festa, o ex-vereador pelo município José Florêncio, conhecido como “Garrote”, parabenizou a organização da festa pela tranquilidade com a qual a mesma é realizada todos os anos. “Estou aqui prestigiando e já deixando confirmada minha presença na festa do ano que vem”, disse.

Para o cabo da Policial Militar Melquiades Rodrigues, além de ser um resgate da profissão de vaqueiro, a missa de vaqueiro é um momento de lazer para o sertanejo que não se cansa da labuta diária. “Também sou vaqueiro e sempre que posso não perco uma festa como essa”, disse.

A dona Eliane, moradora do povoado, diz que acompanhou todas as edições da festa. “Desde que começou que não perco uma, até porque acontece na frente de minha residência. É um evento que fica ainda mais bonito a cada ano”, disse.

O idealizador e organizador da Missa do Vaqueiro, vereador “Vaninho” falou sobre a importância do apoio dos amigos para a realização da festa. “Está com 11 anos que faço essa festa junto com os amigos. Quero agradecer ao apoio de Celso Luiz e toda a família Malta, além dos outros amigos vereadores e empresários que nos apoiam desde o início. Com a permissão de Deus, vamos ampliar e continuar realizando essa festa todos os anos”, disse.

O vereador Wellington Menezes, conhecido como “Morcego”, irmão de “Vaninho”, esteve presente junto com o presidente da Câmara de Vereadores de Canapi, vereador Luciano Malta, e o vereador por Mata Grande João Sérgio. “É um orgulho para mim poder contribuir com meu irmão para que essa tradição festiva seja mantida, mesmo diante da dificuldade econômica que o país enfrenta”, disse.

Assista ao vídeo: