1443711452598

O mercado de imóveis luxuosos é um nicho cada vez mais explorado por incorporadoras e imobiliárias devido à grande demanda que tem se apresentado nos ultimos anos. Grande parte desse impulso é de investidores que, contrariando o atual panorama da crise econômica e os resultados da Bolsa, enxergaram neste tipo de empreendimento uma aplicação vantajosa.

O crescimento no setor se explica pelo fato de, entre os anos de 2003 e 2010, os números de milionários no Brasil cresceu cerca de 72%, totalizando aproximadamente 135 mil pessoas, onde 54% delas pretendiam adquirir um novo empreendimento. Desta maneira, podemos elucidar o aumento na demanda por esses projetos e o imediatismo dos especialistas do setor em atender a todos os clientes potenciais.

Em terras Alagoanas, cercadas de belezas naturais e constantes investimentos na infraestrutura, esse cenário também vem crescendo. Alguns dos novos empreendimentos na região chegam a custar aproximadamente R$ 1 milhão de reais; o litoral norte – que está prestes a receber um shopping voltado exclusivamente às classes A e B – concentra grande parte destas edificações luxuosas e é ponto comercial para lojas das marcas mais famosas do país.

Mesmo em tempos de crise, o setor se reinventa; afinal, investidores se mostram mais cautelosos e é notória a queda da especulação. Para contornar este panorama, especialistas criam ferramentas na expectativa de obter um crescimento gradual e estável. Ainda segundo estudos do portal da AgenteImovel.com.br, a estabilização dos preços – devido à crise – favorece tanto o investidor padrão como o investidor de luxo, com alto poder aquisitivo e crédito para a aquisição de projetos alto padrão.

O preço do metro quadrado de um imóvel da categoria está em, no mínimo R$ 6 mil reais, fazendo com que este tipo de empreendimento seja voltado para um público bastante elitizado. Entretanto, com as facilidades e o poder de barganha, o consumidor pode apelar para outros meios afins de que o sonho de ter uma casa luxuosa se torne realidade.