Fagno Pinto e Helio Fialho 14525593550676

A tradicional Festa de Bom Jesus dos Navegantes  foi considerada a melhor dos últimos  anos em Pão de Açúcar. O grande sucesso deve-se ao fato de a Prefeitura Municipal de Pão de Açúcar ter sido mais cuidadosa na organização do evento.

As apresentações culturais agradaram ao público, com destaque para a Sexta Cultural que este ano inovou com a participação de talentos da terra, a exemplo de Jaconias da Barra, Beto do Acordeon, Beto de Meirus,  grupos de capoeira, coco de roda e outros.

As competições esportivas também tiveram  maior atenção dos organizadores que reduziram o número de modalidades e estruturaram melhor as disputas de futebol society,  futevoley, corrida de jumento e corrida de canoa, sendo que esta última teve que ser adiada porque não estava ventando durante o horário da competição. 

Por este motivo, a  comissão organizadora do evento não deu a largada da prova e está vendo uma nova data para esta disputa.

Com relação aos shows contratados pela Prefeitura de Pão de Açúcar, estes  não param de ser elogiados nas redes sociais.  No sábado à noite, as bandas Forró das Antigas e Cheiro de Amor atraíram um público de mais de sete mil pessoas para a orla fluvial.

O talento musical dos componentes da banda maceioense Forró das Antigas fez o público recordar dos antigos sucessos da pioneira banda de forró  cearense Mastruz com Leite. Entretanto, o que encantou mesmo a multidão foi o inconfundível repertório da Banda Cheiro de Amor e a performance  extasiante da bela vocalista Vina Calmon.

Os três shows de domingo contribuíram ainda mais para a aprovação do público. A Banda NuKomando, que tem com vocalista o talentoso Cezinha Brandão,  não deixou nada a desejar em se comparando às famosas bandas baianas.

Com um repertório selecionado para agradar os mais diversos gostos musicais, a NuKomando, que atualmente é considerada a pérola musical de Pão de Açúcar, tem sido a grande  sensação do momento e conquistado uma legião de fãs nos lugares onde se apresenta. E no show deste domingo de Bom Jesus dos Navegantes  não podia ser diferente e  mostrou  que existe bom profeta em sua terra.

O show do cantor baiano Tatau, o ex-vocalista do grupo Araketu, foi algo que aconteceu acima das expectativas. Ele levou o público ao delírio ao cantar grandes e inesquecíveis sucessos, transformando, assim, com a sua magia e o seu talento,  a orla fluvial de Pão de Açúcar em um pedaço da alegre e energizada cidade de Salvador em época de Carnaval.

E à noite,  a cantora católica Celina Borges (Canção Nova), se apresentou no palco da orla fluvial, fechando com uma mensagem de fé, esperança e paz a Festa de Bom Jesus dos Navegantes.

Banho de chuva

Ainda no domingo, quando a cidade de Pão de Açúcar se encontrava superlotada de pessoas nas ruas, praças, praia e orla fluvial, Deus presentou os participantes da tradicional festa, mandando uma chuva torrencial que molhou a terra rachada e amenizou o forte calor.

O prefeito Jorge Dantas, numa demonstração de contentamento e gratidão, misturou-se à multidão que assistia ao show da Banda NuKomando, no momento em que a chuva torrencial caia sobre a cidade, e foi carregado nos braços, completamente molhado, por admiradores, enquanto ele era ovacionado pelo público, numa confirmação que os shows contratados por ele, na condição de gestor municipal, foram aprovados pelo grande público.

Visitado por autoridades políticas

Durante as festividades o prefeito Jorge Dantas recebeu a visita de autoridades importantes da política alagoana. No sábado (9), ele foi visitado pelo governador Renan Filho e pelo secretário estadual adjunto da Agricultura Álvaro Otávio Machado. No domingo (10), foi a vez dos deputados estaduais Bruno Toledo e Inácio Loiola e do ex-deputado federal Alexandre Toledo visitarem o chefe do Executivo municipal.

Se os shows agradaram imensamente o público participante da programação musical, as missas e procissões  contentaram os fiéis católicos, com destaque para a procissão motorizada, conhecida como a “procissão dos veículos”, realizada no sábado à noite, e a procissão fluvial de Bom Jesus dos Navegantes, no domingo pela manhã, que contou com a presença do Bispo Diocesano Dom Dulcênio Fontes de Mattos. Logo após a procissão pelas águas do rio São Francisco, foi celebrada a última missa da festa, na Igreja Senhor do Bonfim.

Para fazer jus às comemorações alusivas ao “santo protetor dos pescadores”, a festa este ano foi considerada tranquila e nenhuma anormalidade ocorreu durante os cinco dias de comemoração, principalmente nos últimos dois dias quando foi grande o número de homens da polícia militar e do corpo de bombeiros militar presentes nos eventos, o que coibiu a prática de atos de violência.