1456960961502

A noite do último sábado (27) foi de muita alegria e fé para a comunidade evangélica de Mata Grande. A casa do radialista Rodrigo Amorim ficou pequena para a quantidade de amigos e irmãos que foram prestigiar a separação dele para ministro do evangelho, que é a consagração para pastor.

O agora pastor Rodrigo relatou que sua trajetória cristã iniciou-se no ano de 1996, quando converteu-se à religião. Em meados de 1998, recebeu uma profecia que iria realizar a obra de Deus. 16 anos depois, Deus começou a falar através de vários pastores, que a obra estava próxima de se concretizar.

Para tentar fugir do momento, por achar que não era a hora, viajou com a família para passar uma temporada no estado de São Paulo. Chegando lá, fez visitas às igrejas e nelas Deus começou a revelar através dos pastores o seu chamado. Foi aí que ele resolveu voltar a Alagoas, para retomar sua vida normalmente.

Três meses depois de sua chegada à Mata Grande, o Espírito Santo enviou através de uma irmã em cristo, uma mensagem revelando que Deus entregaria a partir daquele dia um cajado e um ministério.

Nove meses depois, chegou o grande dia inesquecível e único em sua vida, a sua separação como ministro do evangelho e como pastor, fundador da igreja Comunidade Cristã Jesus é o Caminho, a Verdade e a Vida, ao lado de sua esposa, Cleiza Brandão Amorim, que também é pastora e missionária.

Estiveram presentes na cerimônia de separação, o pastor-presidente da Igreja Caminhando com Cristo, os cantores Genaldo Fortes, Fagner Ferreira, Rúbia Brandão e o grupo de louvor Comunidade Cristã.

Rodrigo Amorim agradece primeiramente à Deus e depois à toda sua família, incluindo irmãos de fé e amigos que estiveram presentes no dia que para ele é muito especial em sua vida.