Andre Henrique - Radio Millenium 14594292245145

O árbitro alagoano Francisco Carlos do Nascimento tomou um grande susto no final da tarde desta quarta-feira (30) no Estádio Arnon de Mello em Santana do Ipanema. Após comandar o jogo entre Ipanema e Sete de Setembro, o profissional encontrou seu veículo arranhado e pneus furados, numa ação que pode ter sido de torcedores do time da casa.

O MinutoEsportes entrou em contato com o árbitro que confirmou o acontecido. “Estou bem, tranquilo, mas é um absurdo o que aconteceu aqui. Estou na delegacia, vou fazer o Boletim de Ocorrência”, afirmou o árbitro, que ainda irá colocar o fato na súmula da partida.

Francisco Carlos do Nascimento, o “Chicão”, não sabe a que e a quem atribuir o fato. Mas, nos arranhões que foram feitos no veículo, estavam as letras “T.J.I”, que são iniciais da torcida organizada da equipe de Santana, a “Torcida Jovem do Ipanema”.

O árbitro que também é presidente do Sindicato dos Árbitros de Futebol de Alagoas (Sindafal), irá dar sequencia as medidas para coibir atos do tipo. A sua saída de Santana do Ipanema será acompanhada pela Polícia Militar, enquanto o carro passará por alguns serviços para o retorno à Maceió.

NOTA DE REPÚDIO

A direção do Ipanema Atlético Clube divulgou uma nota de repúdio sobre o acontecido. Confira:

[Nota de Repúdio Ipanema] O Ipanema Atlético Clube, através da sua diretoria, vem através da presente, apresentar seu REPÚDIO, e prestar sua expressa manifestação de contrariedade em relação aos fatos ocorridos ontem (30/03) nas proximidades do estádio Arnon de Mello.

A tônica do clube, sempre foi de entender que o futebol ocorre dentro de campo, e a paixão, o apoio e o incentivo dos torcedores devem ser dar aos seus clubes dentro do estádio, na mais perfeita ordem e harmonia. Porém, após a partida entre Ipanema e Sete de Setembro, foram evidenciados atos de vandalismo, causando prejuízo e dano ao veículo do árbitro central da partida, o senhor Francisco Carlos do Nascimento, o qual o clube presta total e irrestrita solidariedade ao mesmo, e apresenta indignação, e repudia atos dessa natureza.

Lamentavelmente, fatos como esse ainda permeiam em nossa sociedade, e mais precisamente no contexto do futebol, o Ipanema Atlético Clube não comunga desse tipo ação, e como bem é verdade, a diretoria prestou toda atenção e assistência necessária, a toda comitiva de arbitragem e aos demais membros da federação, de modo a prestar a maior receptividade possível, diante desse ato covarde e insano provocado nas proximidades de nosso estádio.

Fica registrada essa nota, como forma de solidariedade ao senhor Francisco Carlos do Nascimento, árbitro da partida e aos demais membros e, o qual manifesta também o repúdio, e que não aceita atitudes lamentáveis e impensadas como esta.

Santana do Ipanema, em 30 de março de 2016.