93dae7ef 266e 4374 aed2 eaaa5aa56945

A Superintendência Regional da Polícia Federal (PF) em Alagoas vai receber, nos próximos dias, uma equipe da instituição, lotada em Brasília, para colaborar com as investigações em andamento de casos envolvendo crimes eleitorais. O pedido foi feito pelo próprio superintendente da instituição no Estado, delegado federal Bernardo Torres. 

Nesta manhã desta quinta-feira (13), o superintendente anunciou que a equipe estará chegando a Alagoas no começo da semana que vem e vai atuar juntamente com o grupo lotado na Delegacia de Repressão aos Crimes Eleitorais da PF em Alagoas. 

A equipe de Brasília é composta por um delegado federal, escrivão e dois policiais. Eles terão a missão de se desdobrar nos inúmeros inquéritos instaurados antes, durante e depois do primeiro turno das eleições municipais de 2016. Há, de acordo com o delegado Bernardo Torres, várias apurações em andamento após detecção de ilícitos cometidos contra as regras impostas pela Justiça Eleitoral.

O delegado federal classificou como positivo o resultado da operação integrada para o pleito eleitoral deste ano. Ele citou as ações específicas da PF, que foram desenvolvidas em conjunto com a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e com as Forças Armadas no combate aos crimes eleitorais.