Furtos de água são flagrados no Sertão e oito pessoas são detidas



Por Assessoria Casal
Fiscalização flagrou as irregularidades (Foto: Assessoria Casal)
Fiscalização flagrou as irregularidades (Foto: Assessoria Casal)

Operação da Casal realizada nesta quarta-feira contou com apoio do MPE, da PM e da PC.

Uma operação surpresa de fiscalização encontrou diversas irregularidades nas adutoras de água, em Cacimbinhas e Major Izidoro, nesta quarta-feira (5), numa iniciativa da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), com apoio do Ministério Público Estadual (MPE), da Polícia Militar (PM/AL) e da Polícia Civil (PC).

Ligações clandestinas, hidrômetros violados, retirada de água das ventosas das adutoras e by pass (“gato”, em linguagem popular) foram as principais irregularidades encontradas. A mais grave, porém, foi o furto de água da rede da Casal para comercialização.

Das 5h às 16h, as equipes visitaram diversas propriedades rurais e residências na zona urbana de Major Izidoro e de Cacimbinhas. Ao todo, 8 pessoas foram conduzidas para as delegacias dos dois municípios para prestar esclarecimentos sobre as irregularidades.

“Tudo isso que flagramos é muito grave. Enquanto algumas pessoas usam água sem pagar nada e sem nenhuma consciência, muitas outras estão desabastecidas por falta de pressão na rede. A água que é retirada aqui de forma irregular está faltando para várias outras famílias”, argumentou o vice-presidente de Gestão Operacional da Casal, Francisco Beltrão. Segundo ele, a ação terá continuidade.

“Onde há um crime, o Ministério Público tem que estar presente e buscar esclarecer. Haveremos de denunciar os responsáveis pelos furtos de água”, acrescentou o promotor José Antônio Marques, substituto da Comarca de Cacimbinhas, que acompanhou a operação.

“Muito importante essa operação. Recebíamos muitas denúncias de falta de água, mas não conseguíamos entender por que a Casal não conseguia levar água para todos. Agora confirmamos que a Casal está trabalhando”, ressaltou a promotora substituta de Major Izidoro, Ilda Regina Reis, que também participou da operação.

Todas as irregularidades encontradas foram sanadas, e os responsáveis, além de conduzidos para a delegacia, terão que se regularizar perante a Casal e pagar multas.

Cacimbinhas e Major Izidoro são abastecidos pelo Sistema Coletivo da Bacia Leiteira, cuja captação de água bruta fica no rio São Francisco, em Pão de Açúcar.



Veja Mais