Cortesia F51fa542 0ce4 438f 85d5 36b7b5488df6 João Edson, empresário delmirense, cobra transparência de Prefeitura e Câmara Municipal de Delmiro Gouveia

Após protocolar diversos Ofícios solicitando informações junto aos setores competentes da Prefeitura e Câmara Municipal de Delmiro Gouveia sem obter respostas, empresário apela para instâncias superiores.

O empresário delmirense João Edson Barros Viana, depois de testemunhar inúmeras denúncias em emissoras de rádios e redes sociais e tendo por base a Lei Constitucional do  Direito à Informação, formalizou denúncia junto à Procuradoria Geral de Justiça (PGE), Ministério Público Estadual (MP), Ministério Público de Contas (MPC), Ministério Público Federal (MPF), Ouvidoria do TCE/AL, Tribunal de Contas de Alagoas, Tribunal de Contas da União (TCU) e Controladoria Geral da União (CGU) solicitando dados como Orçamento, Pagamentos, Contratos Efetivados, Recursos Recebidos, entre outros, da Prefeitura e Câmara Municipal de Delmiro Gouveia que deveriam estar destacados em seus respectivos Portais de Transparência, como rege a Lei, e não estão disponíveis.

Vale frisar que tal medida foi adotada depois que o empresário protocolou diversas solicitações nos setores competentes dos órgãos citados sem obter nenhuma resposta ao seu apelo.

Enquanto aguarda a decisão, João Edson, por meio desta atitude, exerce seu direito como cidadão que espera probidade e retidão com o dinheiro investido na cidade pelos Poderes Constituídos e soberanamente escolhidos pelo sufrágio popular. O empresário, neste ato, exerce a sua função de fiscalizador do serviço público, que é cabível a todos os munícipes no exercício pleno de sua cidadania e do livre arbítrio que os faz verdadeiramente soberanos no trato com a coisa pública.