(Foto: Ascom) 06418690 7559 47e5 bbd5 6543353b1426 Governo dá início à 2ª fase da obra com a construção de 14 novos reservatórios e da Estação de Tratamento de Água

Obra irá beneficiar cerca de 240 mil sertanejos, em 18 municípios alagoanos.

As obras de ampliação e melhorias do Sistema Adutor da Bacia Leiteira ganham forma no Semiárido alagoano. Nesta sexta-feira (19), às 11h30, o governador Renan Filho assina, em Santana do Ipanema, Ordem de Serviço para a segunda etapa da construção, que irá reforçar o abastecimento de água em 18 municípios e beneficiar 240 mil sertanejos.

Com R$ 114 milhões de investimentos do Ministério da Integração Nacional, a Adutora da Bacia Leiteira atuará com mais eficiência nos serviços de tratamento e distribuição de água em municípios assolados pela seca. A obra, executada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), já conta com 85% da primeira etapa concluída, que consiste na implantação das tubulações.

“A Adutora da Bacia Leiteira possui o segundo maior investimento em obra de infraestrutura hídrica já realizado em Alagoas, atrás apenas do Canal do Sertão. Esse é um marco importante para os alagoanos e demonstra o comprometimento de uma gestão empenhada em levar melhorias a quem mais precisa”, destaca Aparecida Machado, secretária de Estado da Infraestrutura.

Agora, o Governo de Alagoas dará início à segunda fase da obra, orçada em R$ 27 milhões, com a construção de 14 novos reservatórios e da Estação de Tratamento de Água (ETA), totalmente automatizada. O sistema irá contemplar as cidades de Santana do Ipanema, Olho d’Água das Flores, Olivença, Senador Rui Palmeira, Cacimbinhas, Monteirópolis, Jaramataia, Palestina, São José da Tapera, Maravilha, Poço das Trincheiras, Ouro Branco, Dois Riachos, Carneiros, Batalha, Jacaré dos Homens, Major Isidoro e Belo Monte.

Os novos reservatórios serão construídos em pontos estratégicos da região, com capacidade de armazenamento que varia de 250 mil a 2 milhões de litros de água, de acordo com a demanda de cada município. “Além de ampliarmos a reserva, estamos empenhados em melhorar o tratamento da água que chega até as casas dos sertanejos. Em Olho d’Água das Flores, por exemplo, a nova ETA terá capacidade para tratar até 2,6 milhões de litros por hora”, ressalta Aparecida Machado.

Entre as autoridades confirmadas para a assinatura da Ordem de Serviço das obras, está o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho.

Novas etapas

A terceira etapa da Adutora da Bacia Leiteira já está em fase de licitação e consiste na substituição das bombas das Estações Elevatórias e na automação do sistema. Após as melhorias, a rede será interligada ao Trecho 5 do Canal do Sertão, no km 150, no município de Olho d’Água das Flores.