Internet 49ab8125 a589 4eb7 bd29 36936b1f1966 Prefeita de Major Izidoro, Santana Mariano (PMDB)

A prefeita de Major Izidoro, Santana Mariano, nem mesmo esquentou a cadeira para o segundo mandato e já está enfrentando uma nova guerra nas barbas da justiça eleitoral. A chapa de oposição na eleição de 2016, formada por Italo Filho, o Tilo, entrou na justiça contra Santana. Ela é acusada a prefeita de realizar inaugurações durante o período eleitoral.

De acordo como advogado Rodrigo Barbosa que atua em favor de Italo Filho, Santana Mariano não devia ter feito inaugurações em período eleitoral, haja vista ser proibida por Lei. “Ainda tem um agravante, o esposo dela, César Campos, que na época era secretário de Ação Social e presidente da “Coligação Somos Todos Major”, foi quem, junto com outros secretários e assessores comandaram as inaugurações”, disse o advogado. Barbosa acrescentou que inaugurações próximos as eleições também se configuram abuso de poder econômico e político.

O advogado disse ainda que a coligação tem provas dos eventos de inaugurações realizadas período. “Para provar isso, enviamos a justiça um material gravado, em vídeo, que já está de posse da Polícia Federal para comprovar a veracidade, e de matérias jornalísticas, inclusive alertando, não somente eles, mas políticos, que estavam realizando esses eventos.

A reportagem entrou em contato com a defesa da prefeita e com a assessoria dela, mas até o fechamento desta matéria, não obtivemos a versão de Santana Mariano sobre os fatos mencionados no texto.

Essa não é a primeira vez que Mariano enfrenta processo na justiça eleitoral. Em 2015, ela foi afastada, por conta da inviabilidade da candidatura de seu vice Adovaldo Alves. Houve uma nova eleição e Santana foi eleita.