C4bad630 3f7d 4ffe 924e 7429c14ed692

Alagoas fechou o mês de novembro deste ano com um saldo de 1.468 empregos com carteira assinada. O número é maior que o registrado no mesmo mês do ano passado. No entanto, se comparado com o mês de outubro, houve queda nesse resultado.

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quarta-feira (27) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Segundo o levantamento, em Alagoas foram criadas 8.154 vagas no mês passado, enquanto outras 6.686 foram extintas. Para efeito de comparação, em novembro de 2016 o saldo foi de 284.

Apesar do resultado positivo, o saldo de novembro é menor que o de outubro, que foi de 5.832 empregos.

No acumulado do ano, Alagoas teve um total de 101.169 admissões, contra 108.906. O saldo, nesse caso, é de -7.737 postos de trabalho.

Setores

O setor que mais contratou em novembro foi o Comércio. Foram 2.624 novas contratações, impulsionadas pelas vendas de fim de ano. A contratação de temporários no período é comum. O mesmo setor fechou outras 1.769 vagas neste mês.

Em seguida, vem o setor de Serviços, com 2.365 admissões e 2.127 demissões, e o de Transformação, com 2.060 contratações e 1.358 desligamentos.

Santana do Ipanema e São José da Tapera

Cidades chamam atenção pela proporção entre vagas criadas e extintas. No Sertão de Alagoas, em Santana do Ipanema, 46 vagas foram criadas e 316 extintas, e São José da Tapera, apenas 7 contratações e 108 demissões.