Internet E62afd82 2fb6 476c bb15 121c281e7631

Paulo Dantas é o herdeiro político de duas famílias tradicionais da política do Sertão: Amaral e, claro, Dantas.

Aos 39 anos – que completa agora em março –, ele é filho e ‘assessor’ mais direto do presidente da Assembleia Legislativa, a quem pretende substituir no cargo a partir de 2019.

Casado com a atual prefeita de Batalha, Paulo Dantas sabe que está pisando em terreno minado, nas eleições deste ano, principalmente pelos assassinatos ocorridos na cidade em que já foi prefeito, no final do ano passado.

Há duas questões centrais quando tratamento dos crimes de pistolagem por lá: a demora da polícia em revelar os nomes dos assassinos e a repercussão que isso terá entre as famílias enlutadas – quando e se os inquéritos forem concluídos.

Intimamente ligado ao governador Renan Filho, o candidato a deputado estadual pode, sim, suceder Luiz Dantas na Assembleia, mas deve fazer uma das campanhas que mais atrairão a atenção das instituições envolvidas com a eleição.

Se ele ganhar ou perder, que vença a paz.