Canal 1 Arapiraca 70c6ca51 8a82 4605 98bd fd2250b4e1ae

A morte de uma menina de apenas 6 anos de idade na cidade de Santana do Ipanema, Sertão de Alagoas, no ultimo sábado (10) causou uma polêmica e deixou à todos comovidos. Tudo começou as 10h:30 da manhã de Domingo (03) quando Luana Viana Campos teria sentido fortes dores na região abdominal, por volta das 11h seus pais Edson e Luciana, teriam a levado para o Hospital Dr Clofolfo Rodrigues de Melo. 

Ao chegar a unidade hospitalar, a criança não teria sido atendida. Um pediatra teria peço para ser realizado um exame de urina, de sangue e raio-x. No hospital somente às 18h da noite constataram que a criança estava com infecção urinária. A base de medicamentos visando amenizar a dor a criança ficou uma semana em sua residência sofrendo e na sexta-feira (09) chegou a vomitar sangue e sentir dores muito fortes teve que retornar ao hospital levada por sua mãe. 

Uma pediatra teria atendido e encaminhado Luana para tomar soro. Minutos depois ela teria vomitado mais sangue, o pai da criança teria chamado a pediatra. No sábado (10) vendo a situação se agravar, a criança acabou indo para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Em seguida foi feito um raio-x após a realização do mesmo a criança teria retornado para o leito. Uma injeção foi aplicada na tentativa de diminuir a dor, porém não surtiu efeito. 

Luana foi submetida a um procedimento de lavagem e mesmo assim não teria apresentado melhoras, mais pelo contrário, a criança vomitou muito sangue, seu pai desesperado chamou a pediatra. Um cirurgião teria  examinado e constatado que a criança teria que ir a Maceió. E aí o cirurgião teria decidido pelo encaminhamento de Luana para o Hospital Geral do Estado na capital. Em uma ambulância comum sem nenhum equipamento, a criança teria sido transportada.  

Durante a saída do hospital na ambulância, Luana teria se despedido da mãe pergutado pelo pai pela irmã e se a mãe iria com ela, a mãe teria respondido que iria depois. Na chegada a Maceió, ela não resistiu e veio a óbito dentro da ambulância, o motorista teria retirado a criança nos braços e levado as pressas para o hospital, porém ela teria dado entrada já sem vida. 

O jornalista Fernando Valões entrevistou os pais de Luana, emocionados, Edson Soares Campos e Luciana Viana relataram o triste acontecimento: Veja no vídeo abaixo: