Adrianu Santos Bfb2380c 6937 4f72 b6f0 9a0ef29ea669

O Ministério Público do Estado (MPE-AL) resolveu instaurar procedimento administrativo para acompanhar preventivamente eventual prática de nepotismo nos município de Dois Riachos, Sertão de Alagoas.

A portaria foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE-AL) nesta quinta-feira, 9, e assinada pelo promotor Ivaldo da Silva. Em junho, a Promotoria recomendou que o prefeito de Dois Riachos, Ramon Camilo (PRP), exonerasse de todos os cargos comissionados seus parentes, no prazo máximo de 30 dias. 

A investigação, segundo promotor, considera "a importância na transparência nas relações públicas, e real necessidade de observância aos princípios da moralidade e da impessoalidade, ambos de índole constitucional".