Acusado de atropelamento criminoso está foragido da polícia em Água Branca

Geraldo perseguiu e jogou de propósito o carro que dirigia contra uma moto conduzida pela vítima.



Por Redação
(Foto: Mais Notícias)

É considerado foragido da polícia, Geraldo Gomes Lacerda, 44, acusado de atropelar propositalmente o jovem Erivaldo Souza Santos, 29, que ficou gravemente ferido, na noite deste domingo (3), na AL-145, em Água Branca.

Segundo a polícia, Geraldo e Erivaldo bebiam em um bar, localizado próximo a Praça Matriz da cidade, quando se desentenderem e acabaram travando uma luta corporal. Populares teriam impedido que a briga continuasse e Erivaldo decidiu voltar para casa em sua motocicleta Honda CG 150cc de placa MUH-7434 quando foi perseguido por Geraldo que estava em um carro Fiat Strada de placa NTJ-3388.

O acusado tinha conseguido alcançar Erivaldo em um trecho da rodovia estadual quando teria colidido de propósito com a traseira da moto conduzida por seu desafeto que caiu e foi arrastado por cerca de 6 metros no asfalto. O motorista, provavelmente embriagado, fugiu do local.

A vítima ficou gravemente ferida, foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Delmiro Gouveia e levada para o Hospital regional em Santana do Ipanema onde se encontra internada em coma, correndo o risco de morrer.

O caso é apurado na delegacia regional de Delmiro Gouveia que pode indiciar Geraldo por crime doloso, inclusive solicitar sua prisão preventiva.
 



Veja Mais


Comentários

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Minuto Sertão ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.


  • Avatar

    {{ comment.nome }}

    {{ comment.created_at | date : 'dd/MM/yy HH:mm' }}

    {{ comment.comentario }}