Operação resulta na prisão de quatro pessoas acusadas de assaltos em Maravilha

Um adolescente de 17 anos foi apreendido.



Por Jota Silva
Romário Ramalho, Damião Gerônimo, Josemar Ramalho e Romério Ramalho
Romário Ramalho, Damião Gerônimo, Josemar Ramalho e Romério Ramalho (Foto: Minuto Sertão)

Uma operação deflagrada na noite desta terça-feira (10), por volta das 21h, em Maravilha, resultou na prisão de quatro pessoas e a apreensão de um menor de idade, todos acusados de assaltos a mão armada. Foram presos Damião Gerônimo da Silva, 39; Romério Pereira Ramalho, 23; Romário Ramalho dos Santos, 24; e Josemar Ramalho dos Santos, 25.

O comandante do Grupamento de Polícia Militar (GPM) do município, Sargento Jeová Bezerra, relata que Romério Ramalho foi detido junto com o adolescente de 17 anos, na Rua José Viera de Carvalho. Os acusados estavam armados com faca peixeira e utilizavam uma motocicleta Yamaha YBR 125, de cor azul e placa MUU-4099.

Ainda de acordo com o sargento, quando percebeu a viatura policial, a dupla teria tentado fugir, mas acabou detida. No momento da abordagem, os dois teriam confessado para os policiais que estavam naquela localidade para assaltar qualquer pessoa que passasse por ali.

Romério e o adolescente foram levados para a sede do GPM, onde acabaram revelando que Damião Gerônimo, morador do Sítio Saco do Ramalho, em Poço das Trincheiras, teria emprestado a moto com a qual estavam para que pudessem cometer assaltos na região. A dupla ainda contou que parte dos objetos que haviam roubado estaria nas residências de Damião, Romário e Josemar.

Os policiais foram até às residências apontadas e encontraram com Damião um aparelho celular que tinha sido roubado em Maravilha, uma moto Yamaha com o chassi adulterado, além de uma espingarda calibre 12. Já com Josemar e Romário foram localizados alguns objetos provenientes de roubos. Os três também foram presos e levados para o GPM, onde foram reconhecidos pelas vítimas.

Segundo o comandante da 2ª Companhia de Ouro Branco, Capitão Winston Santana, foi feito um levantamento e descoberto que Damião Gerônimo era o líder da quadrilha. Além de participar de algumas investidas, seria ele quem conseguia veículos e armas para os integrantes do grupo criminoso que vinha aterrorizando a população maravilhense.

Os criminosos teriam sido responsáveis pelo assalto de dois homens que foram atacados em plena luz do dia, no centro da cidade. Na investida, os assaltantes que estavam armados com facas levaram das vítimas celulares e correntes para pescoço valiosas.

Além de outros crimes, o grupo também teria invadido um terreno do secretário municipal de obras de Poço das Trincheiras e furtado todos os materiais de irrigação e piscicultura que estavam na propriedade.

Os presos foram levados para a Delegacia Regional de Polícia (DRP), em Santana do Ipanema, onde foram autuados por roubo e receptação. Além dos crimes já citados, Damião vai responder por posse ilegal de arma de fogo. Parte dos produtos roubados foram recuperados e devolvidos aos proprietários, nesta quarta-feira (11).

A operação foi desencadeada pelo Capitão Winston e o Sargento Jeová, com o apoio do comandado do 7º Batalhão de Polícia Militar, em Santana. A ação foi montada depois do registro de vários assaltos ocorridos na região.

Sargento Jeová avisa que vai continuar realizando operações no município, com o objetivo de coibir a criminalidade, principalmente a formação de quadrilhas. “O povo dessa cidade merece todo respeito do poder público. Estamos cumprindo nossa missão e não será dado espaço para bandidos nesse município.” Disse.


Mais Imagens



Veja Mais


Comentários

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Minuto Sertão ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.


  • Avatar

    {{ comment.nome }}

    {{ comment.created_at | date : 'dd/MM/yy HH:mm' }}

    {{ comment.comentario }}