14024557644822

Foi realizada nessa sexta-feira (06), a transmissão da gerência geral do museu de Delmiro Gouveia para o Governo Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Esportes. O descerramento da placa comemorativa registrou oficialmente a nova administração, até então de posse da Fábrica da Pedra.

A nova administração pretende resgatar a memória do importante empreendedor - que dá nome ao município -, convidando o cidadão a adentrar, se encantar e compartilhar de sua história.

O trabalho desenvolvido pelos atuais gestores municipais foi motivo de valorização e reconhecimento pelos que visitavam a cidade. "Quero parabenizar o prefeito Luiz Carlos e sua filha Ziane, por se proporem a assumir esta casa de cultura", falou Elizabete Lyra, atual proprietária da Fábrica da Pedra.

O Deputado Federal Renan Calheiros Filho cumprimentou o prefeito Luiz Carlos Costa pelo excelente trabalho desenvolvido no município. "Delmiro tem se colocado como cidade polo na região, e tende a continuar nesse caminho, se preparando para ser a capital do sertão", declarou.

A vice-prefeita Ziane Costa falou da satisfação para o Governo Municipal, em participar da administração do Museu. "Queremos alavancar a cultura do nosso município; para tal, precisamos de parcerias. Agradecemos à Fábrica da Pedra, pela participação efetiva no nosso município; às famílias Menezes e Lyra pela continuidade no funcionamento da querida fábrica delmirense. Precisamos dela ativa, com seus apitos diários nos orientando (...)".

A solenidade foi ainda, ocasião para o gestor Luiz Carlos Costa receber homenagem da Fábrica da Pedra, oportunidade em que agradece e parabeniza a todos. E se dirige a família Lyra, solicitando que perseverem na exímia administração da indústria.

O Museu

Inaugurado em 20 de fevereiro de 1989, preserva diversos objetos pessoais, fotografias e documentos que traduzem a história do pioneiro Delmiro Gouveia. Guarda peças da antiga estação ferroviária, exibe a primeira locomotora a vapor acionada por motor elétrico -  a qual levava cargas da produção industrial da Pedra até a cidade de Piranhas, nas margens do Rio São Francisco -, entre outros.

O Museu funciona na antiga estação ferroviária da Great Western, localizado à Avenida Caxangá, antiga Rua da Lagoa.