14289512595937

Pelo menos 35 agricultores dos municípios de Inhapi, Canapi e Mata Grande se reuniram na tarde da ultima quinta-feira (09) na sede do PDA Serrana/Visão Mundial para discutir uma série de medidas e ações em beneficio das comunidades onde vivem. A reunião faz parte do cronograma de ações e reuniões mensais do Fórum Comunitário instituído pelo PDA com o objetivo de desenvolver as comunidades tornando os agricultores protagonistas desta etapa de empoderamento e reconhecimento de suas responsabilidades e importância neste processo de transformação social.

Embora o Fórum Comunitário do PDA Serrana seja constituído apenas pelos agricultores de Canapi, a pauta do encontro desta quinta foi bastante especial, a visita da coordenação de projetos sociais da Fundação Salvador Arena reuniu agricultores dos três municípios do alto sertão onde a Visão Mundial atua, o objetivo foi discutir os benefícios dos projetos fruto da parceria Visão Mundial/Fundação Salvador Arena em beneficio das comunidades e comunitários, com foco no bem estar de crianças e adolescentes.

Implantação de poços artesianos, cisternas calçadão, hortas comunitárias, apriscos para caprinos e ovinos, galinheiros para aves de postura e corte, palestras de conscientização ambiental (Dias de campo), Reuniões sobre a importância dos Bancos Comunitários de Sementes, apoio as feiras agroecológicas e formação da juventude do campo (EFADES) foram alguns dos benefícios recebidos pelos agricultores, que durante o encontro resultaram em depoimentos emocionantes, como o da agricultora Inhapiense Geane Maria da Silva do Sitio Buenos Aires que beneficiada com um poço artesiano se abateu de tristeza quando os técnicos da empresa responsável pela perfuração do poço não conseguiram encontrar água no local indicado em sua propriedade pelo agricultor Virgulino, famoso adivinhador de água do sertão.

Geane contou que naquele dia não conseguiu dormir pensando em sua falta de sorte, no entanto, na manhã do dia seguinte ao conferir por pura curiosidade se realmente não havia água no poço, se surpreendeu, a água estava lá e até hoje abastece várias famílias no entorno de sua residência. “A Visão Mundial transformou a minha vida, só tenho a agradecer por tudo que ela e a Fundação Salvador Arena fez por mim, por minha família e por todos os beneficiários de seus projetos e ações, em especial de nossas crianças e adolescente” – Disse.