Cajueiro sofre com as chuvas e cerca de 1000 pessoas estão desabrigadas

  • gilcacinara
  • 12/06/2009 08:26
  • Municípios

As fortes chuvas que caíram desde o final da tarde de ontem (09/06) atingiram fortemente o município de Cajueiro, localizado no Vale do Paraíba a 80 km de Maceió. Os primeiros dados dão conta que cerca de 400 famílias estão desabrigadas, pelo menos 20 casas desabaram e outras 100 estão sob risco de queda.

Um mutirão formado pela prefeitura, comerciantes e a direção da Usina Capricho que foi bastante atingida pelas chuvas colocaram 15 veículos utilitários e quatro tratores para ajudar na remoção das pessoas dos locais de risco.

O prefeito Palmery Neto tomou como primeira medida a abertura de todas as escolas municipais para abrigar cerca de 1000 pessoas que ficaram desabrigadas após a catástrofe que atingiu a cidade.

Uma das pontes que cortam a cidade teve sua cabeceira danificada e deverá ser interditada para evitar possíveis acidentes, várias casas estão com paredes danificadas e a população está em alerta para novos desabamentos.

“A nossa maior preocupação agora é fazer com quê todos os desabrigados possam ter um local para passar a noite e fundamentalmente transferir a população que está em áreas consideraras de risco para um lugar seguro” explicou o prefeito.

Até agora não foram apontada vítimas, mas bairros de classe média como a Rua Nova,onde fica localizado o Estádio Moacir Andrade está completamente coberto pela água. A situação na Rua Arapiraca, próxima a Usina Capricho, onde várias casas desabaram também é crítica.

“Nesta hora estamos todos juntos, prefeito, secretários, comerciantes, funcionários da usina e a população em geral juntos para deixar as pessoas em segurança e tentando dar o apoio necessário para diminuir a dor daqueles que perderam tudo por conta das fortes chuvas que caíram sobre nossa cidade”  finalizou Palmery.