Adolescente morre após ser atropelado em perseguição policial

  • teresa
  • 13/06/2009 18:57
  • Polícia
Um adolescente de 16 anos morreu durante uma perseguição policial no Grajaú, na Zona Sul de São Paulo, na noite desta sexta-feira (12).

O jovem estava em uma mobilete e foi atingido por um carro que tinha acabado de ser roubado. A história triste começou na altura no número 2.500 da Avenida Dona Belmira Marin. Criminosos roubaram um carro e seguiam em direção ao centro da cidade quando passaram a ser perseguidos por policiais.

Na mesma avenida, 1.600 metros adiante, aconteceu a tragédia: o carro roubado atingiu o jovem. O cabeleireiro Davi Domingos conta que viu tudo e ficou chocado com a violência da batida.

“Todo mundo que estava na hora ficou assustado. A gente queria fazer alguma coisa, mas não sabia o que fazer”, disse. O adolescente não usava capacete e morreu no hospital.

Depois do atropelamento, a fuga continuou. Arrastando a mobilete, os suspeitos andaram por mais 500 metros. Segundo testemunhas, pelo caminho, eles bateram em outros carros e motos e deixaram feridos.

O veículo só parou no perto do Terminal do Grajaú. No local, os criminosos ainda trocaram tiros com a polícia. Um dos suspeitos foi atingido e levado para o hospital. Os outros dois conseguiram fugir.

O caso foi registrado no 101º Distrito Policial, no Grajaú. O delegado não quis dar detalhes sobre a investigação.

O corpo do adolescente está no Instituto Médico-legal. A mãe dele disse que está chocada e não quis gravar entrevista. Ela contou que o filho trabalhou o dia inteiro na sexta-feira. Depois, passou em casa para dizer que estava tudo bem e saiu para encontrar os amigos.