Decor Agreste, última semana da Mostra de Arquitetura e Design em Arapiraca.

  • Lourdes Rizzatto & Silvestre Rizzatto
  • 14/06/2014 13:10
  • Click Due

Diante do tema “Sustentabilidade” as lentes do Click Due viajaram pelos ambientes da quarta edição da Decor Agreste e trouxeram para esta postagem fotos de projetos ecologicamente corretos que utilizam a reciclagem de materiais e o uso econômico de energia na iluminação. A automação para quem busca a tão falada “casa inteligente” e muita poesia para os apreciadores do belo, do lúdico e do aconchego do rústico também fazem parte desta Mostra de Arquitetura e Design que apresenta o talento de arquitetos, arquitetas e acadêmicos de arquitetura da UFAL/ Campus Arapiraca.

A entrada e os jardins da Decor foram projetados por alunos de arquitetura que utilizaram o reaproveitamento de materiais como principal elemento para criar objetos, sejam cadeiras de pallets, mesa de bobina de madeira ou caixas de energia elétrica como “caqueiras”. Criatividade nota 10 para o ecologicamente correto.

Ainda na área externa da Decor, o arquiteto Ênio Tenório em seu “Lounge Agreste” apresenta vários tipos de madeiras para mostrar que a mescla do produto de reflorestamento é uma alternativa viável para uma ambientação despojada e elegante. O piso em mosaico na entrada do ambiente revestido com cerâmica de ponta de estoque e sobras de material de construção, prova que cerâmica e madeira podem “casar” harmoniosamente.

A arquiteta Cybelle Barros, também na parte externa da “Mostra” trouxe originalidade ao assinar o “Lounge Zen”. Reportando o projeto ao sertão nordestino ela uniu cores fortes e plantas suspensas a um novo piso criado a partir de pequenos galhos de angico simetricamente cortados e prensados com pó de serra. Cascas de coco também compõem a ambientação.

Ainda na área externa, o espaço destinado à piscina comunica-se de forma interessante com o ambiente “Espaço Gourmet”, assinado pelo arquiteto Aristaque Veras. Retalhos de madeira de reflorestamento e pedras formam um caminho no jardim que opta em valorizar o azul da piscina. No Espaço Gourmet, plantas compõem o ambiente em painéis isolados que provocam uma leitura metafórica com uma parede amarela valorizada com fitas de led. Móveis em tom azul deixam nas entrelinhas um toque voltado ao período de Copa do Mundo.

Na área interna da residência Kati Duarte e Juliana Barbosa trazem a magia do “Velho Chico” para o ambiente “Sala de Estar”.  O tom terra das paredes lembra as margens do São Francisco,  as rendeiras ribeirinhas são homenageadas em um enorme painel de placas cimentícias, e peças de barro nos remetem ao rio da “integração nacional”.  Ao lado, o ambiente de Rafael Brandão e Juliana Vieira explora o tema sustentabilidade em uma ambientação franco-brasileira. O painel estilo Chevron (Zig Zag) com Pinus de reflorestamento e tábuas de refugo de obra valorizam o “living”.

 

Os ambientes internos ainda trazem “Quarto de Bebê” assinado por Luany Viana que opta pelo "clean" e cores neutras, Luany deixa expresso que “tranquilidade” foi o motivo para o seu projeto. A “Suíte Master”, do arquiteto Edson Fadigas, utiliza recursos tecnológicos para iluminar o ambiente de forma harmoniosa com vários modelos de power leds, ultra leds e lâmpadas “Par” com economiza de energia elétrica em torno de 60 a 70%.

No ambiente “Adega” Danielle Rose harmonizou as linhas onduladas do painel 3D Board - material de fibra vegetal e ecologicamente correto - ao ambiente denominado “Adega Inteligente”, com sistema de fixação de garrafas B’Block premiado internacionalmente. Especialista em iluminação e design, ela imprimiu personalidade ao projeto explorando o teto do seu ambiente em formato de taça iluminado por temporizador multicor. Um balcão de bolhas, também com iluminação multicor, deu o toque final de elegância ao ambiente.

A “Sala de Estar/Jantar/Varanda” ambientes das arquitetas Rosangela Carvalho e Amanda Gomes unem automação residencial e requinte. Os comandos acionados através de tablet  regulam iluminação, ar condicionado e aparelhos eletrônicos. No espaço da arquiteta Cris Nunes, o “Home Executivo”, a automação também é o carro-chefe do projeto. O ambiente controlado pelo celular (iluminação, ar condicionado, televisão, e eletronicos) pode ser programado à distância. O charmoso ambiente também reúne um lindo estofado Sandes, peça artesanal e quadros de Chico Oiticica.

O Home Office, de Alerson Lisboa, dispõe harmoniosamente prateleiras de retalhos de chapas de aço e banco de sobras de metalon com uma imponente mesa de centro feita de troncos de madeira bruta e urnas indígenas em barro. Elementos diversos que se comunicam dando personalidade ao ambiente. As arquitetas Zenilde Quentino e Fernanda Cavalcante Quentino assinam o “Mezanino Interativo”, ambiente que traz uma linda mesa estilo marchetaria criada a partir de retalhos de madeira, além de porta retratos e tapete de materiais reciclados, mostram que a criatividade pode contribuir para evitar o descarte.

O quarto da Jovem fotógrafa projetado por Júlia Barros, Taciana Regina, Nadja Souza e Herbert Macel investem em luz cênica para valorizar objetos e fotos. A tonalidade escura do ambiente remete às antigas salas de revelação, toque ímpar para unir presente e passado. O ambiente “Quarto de Casal”, assinado por Ricardo Victor, Brunno Henrique, Valeska Bezerra e Danillo Pedro, investe em uma iluminação personalizada da sapateira aos abajures de cabeceira com a intenção de criar uma ambientação suave.

A “Sala de Banho” da arquiteta Janete Barros é um dos lugares mais poéticos da mostra. A banheira estilo Vitoriana disposta harmoniosamente com poltrona clássica e o balcão de tronco de jaqueira remetem o ambiente ao romantismo. O teto transparente coberto com cortinas sanfonadas que podem ser operadas de forma automatizada e a iluminação suave, com certeza, são os elementos finais que imprimem ar de poesia e sensualidade ao ambiente.

Veja as fotos dos ambientes: http://minutoarapiraca.com.br/noticia/13844/2014/06/14/decor-agreste-ultima-semana-da-mostra-de-arquitetura-e-design-em-arapiraca-