Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Na manhã desta terça feira (17), durante o quadro Momento Saúde no programa liberdade de expressão na emissora de radio Milênio foi abordado sobre Fibromialgia, ou seja,  dores prolongadas por muito tempo. O Médico Honório Luis, do Centro Médico Hebrom e a Farmaceuta Suzana Ribeiro, da Farmácia de Manipulação Formulart, enfatizaram sobre o problema.

A Fibromialgia é um transtorno de dor crônica, bastante comum, que causa o surgimento de dor em várias partes do corpo e que não tem cura. Embora ainda não seja conhecida uma causa específica, é possível que a Fibromialgia surja devido a uma sensibilidade genética ou traumas físicos ou psicológicos, por exemplo.

Para aliviar os sintomas de Fibromialgia, que além da dor por todo o corpo, também podem incluir cansaço frequente, indisposição, distúrbios do sono e rigidez por mais de 3 meses, algumas opções de tratamento são tomar remédios antidepressivos e analgésicos indicados pelo médico, fazer fisioterapia e terapias alternativas, como a acupuntura.

Embora não exista cura, o tratamento ajuda a aumentar a qualidade de vida, permitindo passear e trabalhar sem ter crises tão frequentes de dor. A Fibromialgia afeta tanto homens como mulheres, mas é mais comum no sexo feminino entre os 30 e os 55 anos de idade. O tratamento para Fibromialgia deve ser orientado pelo reumatologista, fisioterapeuta e psiquiatra.