Ronny Alves 1f395175 7762 499e 9f8e 405e9ef9bf47

No início da noite desta sexta-feira (27), um fenômeno incomum pode ser visto no céu de diversos países. O Eclipse lunar, eclipse mais longo do século, cuja a duração foi de aproximadamente 4 horas. Tendo início por volta das 16h:30 da tarde encerrando as 19h:19 da noite, apesar de só ter sido possível ser visto a olho nu no início da noite. Junto com ele, alguns fenômenos interessantes como a "lua de sangue" e uma visão melhor de Marte, que ficou bem próximo da Terra. Este fênomeno acontece cerca de 2 em 2 anos, segundo especialistas.

Os planetas são visíveis a olho nu boa parte do ano, mas nem sempre é possível vê-los todos juntos em uma mesma noite. Isso acontece porque dependendo da posição deles no espaço em relação à Terra eles podem ficar "visíveis" quando ainda é dia por aqui e na luz do sol não há como enxergar planetas.

De acordo com o astrônomo Marcos Calil, em entrevista ao site G1, no dia 31 de julho teremos a maior aproximação entre a Terra e Marte. "Isso causa um efeito visual muito bonito de Marte. Ele fica com um aspecto bem avermelhado, forte no céu. Esse fenômeno, essa máxima aproximação, acontece cerca de 2 em 2 anos"

Ter Mercúrio, Vênus, Júpiter, Saturno e Marte todos alinhados e visíveis durante um eclipse lunar é raro. Fato que aconteceu na noite desta sexta-feira.

O repórter Ronny Alves, do site Batalha Baladas, registrou m vídeo o fenômeno no céu da cidade de Batalha, Sertão de Alagoas, assim como ele, outros moradores da cidade e de cidades da região sertaneja fizeram questão de sair de sua casas ou observar em locais abertos de suas residências, o Eclipe lunar que só deverá voltar a acontecer em 2021.

Veja o vídeo: