Thiago Alcântara 0f56b0d5 5815 4fd9 b63a 7a2e58d2778d Piranhas/AL, tida como a principal cidade turística do sertão alagoano

O Ministério Público Estadual (MPE) converteu em Processo Preparatório a investigação sobre a denúncia apresentada por pescadores de que empresários estaria fazendo um “monopólio” em terminado trecho do Rio São Francisco no município.

A portaria foi publicada no Diário Oficial do Estado, nesta quinta-feira (30). A denúncia foi apresentada por pescadores, que alegaram estar proibido atracarem com seus clientes à margem do Rio em virtude dos proprietários dos restaurantes.

Ainda segundo o Ministério Público, existe a denúncia de que a Prefeitura do Município estaria cobrando uma taxa de R$ 2 mil pela inscrição das embarcações.

Aquela região do sertão é bastante explorada pelos comerciantes por ter um grande potencial turístico de visita ao Rio São Francisco e a história de Lampião e Maria Bonita.