VÍDEO Pesquisa: 1 em cada 5 homens admite ter traído a parceira

  • paulo cajueiro
  • 19/06/2009 03:57
  • Brasil/Mundo

Os brasileiros estão fazendo mais sexo casual e usando menos camisinha, revela pesquisa do Ministério da Saúde divulgada ontem. O levantamento mostra também que 21% dos homens e 11% das mulheres ouvidas disseram ter traído seus parceiros ao menos uma vez no último ano, e que 10% dos homens e 5% das mulheres tiveram experiências homossexuais.

Em pesquisa similar feita em 2004, 4% dos entrevistados disseram ter tido mais de cinco parceiros eventuais no ano. Em 2008, esse percentual passou para 9,3%. Ao menos uma vez no último ano praticamente um terço dos homens e um quarto das mulheres tiveram algum relacionamento casual.

Sexo casual engloba todas as respostas de entrevistados que declararam ter tido relações com "paqueras, ficantes etc". O uso de preservativo nesses relacionamentos caiu de 58,4% para 49,5%.


A pesquisa mostra que nem quando trai o brasileiro usa camisinha. Entre os entrevistados, 21% dos homens e 11% das mulheres disseram que, embora tivessem relacionamento fixo, haviam praticado sexo no último ano com uma terceira pessoa e, a maioria, sem preservativo.

Para o psiquiatra do Hospital das Clínicas especializado em sexualidade, Alexandre Saadeh, o brasileiro está vivendo uma nova onda de liberação, em que mais gente faz sexo com diversos parceiros e se protege menos.

Não são todos os casais brasileiros que têm vida sexual ativa. Das pessoas que têm parceiros fixos, 11% declararam não ter tido nenhuma relação nos 12 meses anteriores à pesquisa.