Reunião da Cadeia Produtiva do Leite e Derivados debate o atendimento das demandas do setor

  • teresa
  • 20/06/2009 01:04
  • Negócios
Mais um encontro entre os gestores do Governo do Estado e produtores e industriais do setor leiteiro de Alagoas, na próxima segunda-feira (22), às 9h, para debater projeto de desenvolvimento da Cadeia Produtiva da Indústria de Leite e Derivados. A reunião será na Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Energia e Logística (Sedec) e tem o objetivo central tratar das solicitações do segmento apresentadas no último encontro.

Prova disso, é a presença do superintendente de Planejamento e Desenvolvimento da Companhia Energética de Alagoas (Ceal), Geraldo Dias, na reunião para responder sobre o atendimento da demanda: elevar a capacidade de fornecimento de energia. Esse cuidado com o serviço energético ocorre para garantir segurança energética para os novos empreendimentos e a ampliação das empresas já existentes no estado que necessitarão adquirir mais equipamentos, o que demanda mais energia elétrica.

Na ocasião, estarão presentes representantes da Secretaria de Estado de Infraestrutura e do Departamento de Estrada de Rodagem de Alagoas (DER) para tratar quanto à recuperação das estradas vicinais e rodovias estaduais, beneficiando o empresário com a redução nos custos do transporte.

Para o secretário Luiz Otavio Gomes, o resultado positivo já evidenciado pelo fórum da cadeia produtiva é a união e o trabalho conjunto entre o Sindicato das Indústrias do Leite e Derivados de Alagoas (Sileal) e o Sindicato dos Produtores de Leite (Sindileite), além do Governo do Estado, Universidade Federal de Alagoas, e as instituições representativas do setor produtivo - Senai, Federação das Indústrias de Alagoas, Sebrae/Alagoas, entre outros.

Haverá também negociação dos recursos destinados a execução das ações do projeto da cadeia produtiva da indústria de leite e Derivados entre os parceiros, além, da apresentação do pré-projeto do setor.

Estarão presentes no fórum da Cadeia Produtiva os prefeitos dos municípíos que formam a chamada bacia leiteira de Alagoas: Jacaré dos Homens, Palmeira dos Índios, Major Major Izidoro, Batalha e Coruripe.

Projeto – Com a missão geral de aumentar a competitividade da cadeia produtiva do Leite e Derivados de Alagoas, o Plano Estratégico se desdobra em quatro objetivos específicos, como aumentar a receita da cadeia produtiva, através de algumas propostas: o aumento do volume de leite para compras governamentais; combater a venda de leite e derivados clandestinos; aumentar o número de empresas com Serviço de Inspeção Federal (SIF) em 20% até 2011, entre outros.