Internet F96a994d 969d 4159 b1f2 ff558dca7088

O deputado estadual reeleito no último pleito Olavo Calheiros (MDB) desistiu da disputa a Assembléia Legislativa de Alagoas (ALE). O tio do governador Renan Filho (MDB) não conseguiu decolar sua candidatura a ALE apesar de ter sido o candidato do seu sobrinho governador do estado no qual detém a maioria na assembléia. O deputado Marcelo Victor (SD)que antes mesmo de se apresentar como candidato presidência da ALE, já vinha  articulando junto a seus colegas de parlamento conseguiu formar um grupo com a maioria, cerca de 21 deputados declararam está com ele, conforme fotos de reuniões divulgadas em redes sociais.

A informação da desistência de Olavo para a presidência da ALE foi confirmada pelo próprio em contato com o jornalista Edivaldo Júnior, do site Gazeta Web, na tarde desta quarta-feira (09). A retirada da candidatura de Olavo põe fim a uma intensa disputa de bastidores e deve amenizar o clima entre o grupo de 21 dos 27 deputados estaduais que irão assumir o mandato em 1° de fevereiro, que fechou questão em torno da candidatura de MV.

Com a desistência de Olavo, o governador Renan Filho deverá recompor seu grupo e apoiar a candidatura do favorito a disputa, o deputado Marcelo Victor. Algumas exonerações ao longo desta semana de secretários estaduais indicados por deputados que teriam declarado apoio a Marcelo deu o que falar dando a entender uma possível ''retaliação'' do governador aos deputados que não apoiaram o seu tio para a disputa da ALE. Se com Olavo na disputa, Marcelo já era tido como favorito com a desistência de Olavo já é dada como certa a sua vitória no dia 1° de fevereiro como novo presidente da assembléia.