VÍDEO: Vettel é pole e Barrichello segundo. Massa apenas em 11°

  • carlinhos
  • 20/06/2009 07:16
  • Esporte

A Red Bull comprovou seu domínio mostrado na sexta-feira e o alemão Sebastian Vettel conquistou a pole position para o GP da Inglaterra. Na tarde deste sábado, ele cravou o tempo de 1min19s509 para festejar a terceira pole na temporada.

O brasileiro Rubens Barrichello estará ao lado do alemão na primeira fila de Silverstone, com o tempo de 1min19s856. Companheiro de Vettel, o australiano Mark Webber larga na terceira posição, seguido por Jarno Trulli e Kazuki Nakajima.

Líder da temporada, o inglês Jenson Button sai na sexta posição, com 1min20s091, mas a decepção mesmo para a torcida da casa ficou por conta de Lewis Hamilton, que teve péssima atuação e sai em penúltimo. Felipe Massa é o 11º colocado, três postos a frente de Nelsinho Piquet.


A sessão começou de forma trágica para os ingleses. Logo na primeira parte do treino, a McLaren mostrava problemas com o acerto do carro. A cinco minutos do fim, Lewis Hamilton e Heikki Kovalainen estavam fora da fase seguinte do treino.

O finlandês conseguiu se salvar, mas o atual campeão mundial amargou a penúltima colocação no grid, quando o alemão Adrian Sutil bateu forte a 24s do término da primeira parte da sessão. O treino foi interrompido e, na volta, os pilotos não tinham mais tempo suficiente para tentar uma última volta.


Em seguida, foi a vez de o vice-campeão da Fórmula 1 sofrer. Felipe Massa ficou praticamente o tempo todo fora dos dez primeiros. Na última tentativa, o piloto da Ferrari ainda chegou a estar com uma parcial melhor que Fernando Alonso, o décimo naquele momento, mas perdeu rendimento no fim e ficou fora da superpole com a 11ª colocação. Nelsinho Piquet também não foi à parte final do treino, terminando em 14º lugar.

Chateado, Massa admitiu a falha no trecho final da volta que custou o lugar entre os dez melhores do grid. "É lógico que a gente não está muito forte aqui e isso faz com que você guie no limite o tempo todo. Um errinho aqui acaba custando. Eu errei na parte final e isso acabou tirando a gente. Foi mais um erro meu do que o carro não poder disputar a superpole", lamentou em entrevista à TV Globo.

Na superpole, a briga pela primeira posição ficou com os carros da Red Bull e da Williams, que foram os melhores nas duas partes iniciais do treino oficial e ainda lideraram os treinos livres.