Polícia do Irã entra em confronto com manifestantes

  • annaclaudia
  • 20/06/2009 12:39
  • Brasil/Mundo

A polícia iraniana arremessou bombas de gás lacrimogêneo e usou canhões de água para dispersar milhares de manifestantes hoje em Teerã, que foram às ruas exigir uma nova eleição presidencial, segundo fontes que acompanhavam os protestos. O confronto acontece após o governo do Irã ter ameaçado responder com dura repressão se manifestantes da oposição fossem às ruas novamente, desafiando abertamente o supremo líder do país.

Os iranianos entrevistados pela agência "Associated Press" disseram que cerca de 3 mil manifestantes se reuniram no centro de Teerã e gritavam "Morte ao Ditador!" e "Morte à Ditadura!" perto da Praça da Revolução. Segundo eles, milhares de policiais e membros da milícia lotaram as ruas para evitar protestos.

Na sexta-feira, o líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, ordenou que os líderes da oposição encerrassem os protestos nas ruas ou se responsabilizassem por qualquer "derramamento de sangue ou caos" que viesse a acontecer.