Reprodução A261b6a1 3f5b 475a ae4b e40465a63be2

Um homicídio foi registrado na noite de quarta-feira (13) em um trecho da rodovia AL 220 nas imediações do Povoado Piau, município de Piranhas, Sertão de Alagoas. O crime aconteceu próximo ao prédio de um Ginásio de Esportes no qual a vítima foi identificada como sendo um professor por nome: Macilon.

A vítima foi morta com vários disparos por uma dupla que utilizou uma motocicleta modelo Honda CG 150, cor preta, durante a ação. Os indíviduos teriam arrastado o professor do ginásio para efetuar disparos de arma de fogo, Macilon não resistiu aos ferimentos e entrou em óbito.

Informações dão conta de que o crime teria sido motivado por vingança, já que o irmão da vítima identificado como: “Banda” teria passagem pela polícia por matar uma pessoa inocente. Policiais Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (Copes-Caatinga) flagraram a ação criminosa e tentaram deter a dupla de criminosos, porém a dupla conseguiu emprender fuga. O Instituto Médico Legal (IML) e Instituto de Criminalística (IC) de Arapiraca foram acionados para o local. 

Suspeito foi preso no dia seguinte

Um homem suspeito de envolvimento na morte do professor Macilon Vieira Barros nessa quarta-feira (13), no Distrito do Piaui, cidade de Piranhas, foi preso nesta quinta-feira (14) durante uma operação da Polícia Civil e Militar.

O suspeito preso na manhã de hoje não teve o nome divulgado. Ele foi encontrado com um revólver calibre 38, contendo várias munições e conduzido à delegacia de Delmiro Gouveia.