Agricultoras do Agreste conhecem experiência com avicultura familiar

  • Agência Alagoas
  • 10/10/2014 15:21
  • Cidade

Um grupo formado por 15 agricultoras familiares da Associação de Mulheres Produtoras de Broas e Outros Produtos Alimentícios da Agricultura Familiar (Asprobroas), da Comunidade Taboquinha, município de Arapiraca, conheceram nesta quinta-feira (9) duas experiências exitosas na criação e produção de ovos de galinha caipira, em Santana do Ipanema.

A atividade, organizada pela equipe técnica do Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável em Alagoas (Emater/AL), foi coordenada pelo professor das disciplinas de Avicultura e Suinocultura do curso de Zootecnia da Universidade Estadual de Alagoas, Fábio Sales de Albuquerque Cunha.

De acordo com a extensionista da Emater, Valdenice dos Santos, a atividade faz parte do projeto de Melhoria da Renda Familiar através da Criação de Galinha Caipira, aprovado em uma seleção realizada no inicio deste ano, pela organização não governamental (Ong) BrazilFoundation. A Ong tem como missão gerar recursos para projetos que favoreçam a transformação da realidade social do Brasil.

“O grupo de mulheres de Taboquinha já conseguiu a liberação da primeira parcela do projeto, que é destinada à construção do aviário, capacitação e excursão. Já compramos o material para construção do aviário e estamos capacitando o grupo. As agricultoras estão muito entusiasmadas, pois o novo projeto é uma alternativa de renda para as quase 20 famílias que vivem integralmente da agricultura familiar e da produção de processados como broas, bolos e doces”, frisou a extensionista da Emater.