Desemprego se mantém estável em 15,6% pelo segundo mês

  • annaclaudia
  • 23/06/2009 09:38
  • Negócios
Pelo segundo mês consecutivo, em maio a taxa de desemprego manteve-se estável em 15,6% da População Economicamente Ativa (conjunto de pessoas empregadas e desempregados), no conjunto das regiões metropolitanas de Belo Horizonte, Porto alegre, Recife, Salvador , São Paulo e Distrito Federal.

No período foram criados 80 mil postos de trabalho e 97 mil pessoas ingressaram no mercado de trabalho. Os dados são da Pesquisa de Emprego e Desemprego, divulgada hoje (23) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese) e pela Fundação Seade.

Na comparação com abril, houve melhora no nível de ocupação nas regiões metropolitanas de São Paulo (1,3%) e do Distrito Federal (1%). A taxa caiu em Salvador (1.5%), Porto Alegre (1%) e Recife (0,45). Na região metropolitana de Belo Horizonte não houve alteração.

A maioria das vagas em termos absolutos foi oferecida no setor de serviços (60 mil), com alta de 0,6%, seguida pela construção civil (19 mil) e aumento de 1,8%, e outros setores, com 12 mil novas contratações, com aumento de 0,8%. O comércio contratou 5 mil empregados (0,2%) e a indústria cortou 16 mil vagas, com retração de 0,6%.

A pesquisa mostra que em abril, o rendimento médio real dos ocupados teve ligeira alta, passando para R$ 1.210 (0,3%). O salário médio real cresceu 1% para os assalariados, passando a valer em média R$ 1.288.