Durante uma situação de emergência é necessário garantir o pronto atendimento ao paciente para que o quadro não se agrave. Dessa forma o enfermo é preparado para receber o atendimento especializado. Veja quais são os primeiros socorros e qual a importância para profissionais de enfermagem.

Como ingressar na área da enfermagem

Para que uma pessoa consiga entrar no mercado de trabalho da enfermagem é necessário ter conhecimento técnico. Os cursos profissionalizantes da área são de técnico em enfermagem, além do auxiliar de enfermagem bem como o de curso enfermagem (completo).

É comum pensar que para todas as formações acadêmicas o conhecimento e a atuação são as mesmas. Entretanto, de acordo com a lei 7.498 existem sim diferentes entre cada profissional, que incluem também as competências.

Para se tornar um enfermeiro, é necessário concluir o curso de enfermagem de nível superior (que tem duração de cinco anos). Dentre todos os serviços ele é que tem a qualificação mais abrangente, uma vez que é formado no curso técnico em enfermagem completo. Por essa razão, é o responsável por montar todo o planejamento de assistência de enfermagem, bem como de supervisionar as equipes de atendimento.

Quem tem a pretensão de se tornar um auxiliar e técnico em enfermagem deverá concluir o curso de auxiliar de enfermagem que dura cerca de 15 meses. Após a conclusão, o profissional estará apto a trabalhar nos setores ambulatoriais do hospital.

Além disso, durante o curso auxiliar de enfermagem o aluno adquire conhecimento a respeito da administração de medicamentos, bem como de fazer os curativos, higienização dos pacientes, aplicar vacinas e também de como fazer a esterilização de materiais.

Para ingressar no curso técnico em enfermagem é necessário ter o certificado de conclusão de Ensino Médio. Diferentemente dos demais, o curso de técnico em enfermagem dura de 1 ano e 8 meses a 2 anos.

Após término de todas as disciplinas, o estudante estará apto capacitado para lidar atender pacientes que estão no período de pós-operatório, além de atuar nos centros cirúrgicos e em UTIs, e tratar de enfermos de média a alta complexidade.

Por que os primeiros socorros são importantes?

Os primeiros socorros são necessários para estabilizar o quadro de saúde do paciente até que ele receba o atendimento especializado, de forma que mantenha os sinais vitais de uma pessoa que está sofrendo risco de vida, por exemplo.

É normal ter dúvidas a respeito de quem pode realizá-lo, e é interessante esclarecer que qualquer um pode fazer esses procedimentos desde que tenha conhecimento técnico a respeito, e não faça apenas na base do “achismo”.

Para que assim aplique os procedimentos corretos, de maneira que a vida do paciente venha a ser preservada.