Festival de Música de Arapiraca reflete bom momento do cenário

  • Assessoria
  • 11/12/2014 21:29
  • Cultura

Esta quarta-feira (10) foi um dia mágico tanto para o público como para músicos arapiraquenses. É que o renomado tecladista carioca Paulo Calasans, que acompanha Djavan e é arranjador de cantores como Gal Costa e Ivete Sangalo, dividiu o palco montado na Praça Luiz Pereira Lima com todos eles.

“Estar aqui com vocês é, na verdade, grande honra minha”, direciona-se Calasans ao público e à gama de cantores e instrumentistas na noite de abertura do I Festival de Música de Arapiraca. O evento vai até o próximo domingo (14), com atrações gratuitas e workshops todos os dias.

Ainda cedo, no horário matutino, o guitarrista Cicah Jusce fez uma intervenção musical na Praça Deputado José Marques da Silva, bairro do Centro. Já às 18h, Paulo Calasans fez um workshop para uma plateia interessada em seus ensinamentos e dicas, no auditório da recém-ampliada Casa da Cultura.


“O som tirado de um instrumento depende unicamente da sensibilidade do artista, no capricho da execução que ele faz”, comenta aos espectadores ele que é autodidata no teclado. Na sequência ao papo, todos se dirigiram à tenda cultural da praça.

No local, Paulo Lourenço da Silva, o “Paulo do Bar”, um dos maiores ícones da cultura arapiraquense, apresentou seu projeto “DJ do Agreste”, colocando diversos vinis para rodar. Esta é a terceira praça pela qual o projeto perpassa.

“É algo sem igual. Crianças neste ambiente, ouvindo boa música. Isto é educação em pleno ar livre. É uma ideia maravilhosa!”, diz, impressionado, o geólogo Paulo Pop, natural de Serrinha, município da Bahia. Idealizado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), o “DJ do Agreste” começou no evento Som da Fonte, no Bosque das Arapiracas, e no ano passado ganhou vasto cronograma no Mercado do Artesanato Margarida Gonçalves.


Após este momento nostálgico, as apresentações musicais. Subiram ao palco junto com Paulo Calasans para tocar o melhor da MPB e Pop Rock nacional, os músicos Cicah Jusce, Eric Clapton, Paulinho Nunes, Thiago Leão, Sandro Cardoso, Edjelson Cavalcante, Walberto Santana, Mohab Canuto, Eliezer Setton, Elisson Xuxa, Marcelo Vieira, Jorginho, Zé Dules, Sérgio Iolanda, Laércio Moreno, César Soares, Lecivan Martins, Nelsinho Silveira e Teófanes Silveira Jr., o “Juninho Silveira”, estes três últimos à frente do festival.

“Isto mostrou o bom momento que vive Arapiraca no âmbito musical. Só há profissionais competentes por aqui que precisam ser mais valorizados pela própria população. E este evento é um modo de descortinar um pouco isso e trazer para mais perto da plateia o real valor da música em nossa cidade e em nossas vidas. Os organizadores estão mais que de parabéns”, pontua o economista Cícero Brito, ressaltando os artistas novos que estão surgindo.

Nesta quinta-feira (11), são justamente eles que farão performances no palco da praça. A partir das 20h, o show começa com participação de Paulo Franco (Gato Negro), Janu Leite (Janu e os Matutos Urbanos), Taboca (Senhora Rita), Jéssica Tenório (Dona Flô), Josy Amorim e Kelly Rodrigues.


Haverá ainda workshop gratuito às 18h na Casa da Cultura com o baixista Ney Conceição, compositor e arranjador autodidata, que tocou com Naná Vasconcelos, Roberto Menescal e Sivuca.

No cronograma dos próximos dias, a participação de músicos conceituados como o violinista e guitarrista arapiraquense Mohab Canuto, à frente da Escola de Música Talenthus; o cantor e guitarrista Herberth Azzul, afilhado, músico e parceiro de Alceu Valença; e o baterista alagoano Carlos Balla, que já participou de trabalhos de Gal Costa, Marina Lima, Emílio Santiago, Simone, João Bosco, Maria Bethânia, Chico Buarque, Roberto Carlos, Jorge Vercillo, Sandra de Sá, Nana Caymmi e Caetano Veloso e hoje figura novamente nas baquetas por trás da música do outro alagoano Djavan.

Ao final aconteceu um sorteio de um violão doado pelo luthier Dimas Vaz e uma criança levou o prêmio.


Esta primeira edição do Festival de Música de Arapiraca conta com o apoio da Prefeitura. Confira a programação completa:

Quarta-feira (10)
- Praça Marques da Silva, às 10h
Intervenções musicais com Cicah Jusce-AL

- Casa da Cultura, às 18h
Workshop com Paulo Calasans - RJ

- Praça Luiz Pereira Lima, às 20h
Show com músicos locais (Participação de Paulo Calasans);

Quinta-feira (11)
- Casa da Cultura, às 18h
Workshop com Ney Conceição-PA

- Praça da Prefeitura, às 20h
Show com músicos locais (Participação de Ney Conceição);

Sexta-feira (12)
- Praça Marques da Silva, às 10h
Intervenções Musicais com Cicah Jusce-AL

- Casa da Cultura, às 18h
Workshop com Mohab Canuto Campos-AL

- Mercado do Artesanato
Show com Noaldo do Acordeon-PB
Show com Art & Choro;

Sábado (13)
- Casa da Cultura, às 18h
Palestra com Dr. Eduardo Albuquerque sobre "Voz! Um toque à distância"

- Mercado do Artesanato, às 15h
Momento Autoral: Gato Negro, Janu e os Matutos Urbanos, Macaco Sabiá, Oluap Rap Music, Verena, Delta de Vênus e Alfabeto Numérico
Às 19h, show com Sons e Dons
Show com Heberth Azzul-AL; e

Domingo (14)
- Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho, às 15h
O Som que Cura-AL

-Parque Ceci Cunha, às 17h
Encontro de Bateristas, com Carlos Balla

- Mercado do Artesanato, às 20h
Show com Ricardo Lopes Jazz Trio.