Filho de Severino Bananeira será julgado por homicídio nesta segunda

  • Redação
  • 14/12/2014 20:07
  • Cidade
Saulo Bananeira

O empresário Saulo Almeida da Silva, conhecido como Saulo Bananeira, acusado de matar o instrutor de autoescola, Alisson Bastos Ferro, na cidade de Arapiraca, em dezembro de 2011, será julgado nesta segunda-feira, 15, no Fórum de Maceió.

Desde junho, Saulo estava em liberdade após a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça conceder habeas corpos ao aceitar a tese da defesa de que o acusado tinha emprego fixo e era réu primário.

O caso

Alisson Bastos bebia no quintal da casa de seu cunhado, o empresário Saulo Bananeira. Após a saída da vítima, o empresário disparou tiros para o alto, ameaçando de morte a esposa Alda Aline Bastos Ferro, na presença do filho do casal, um menor de dez anos.

Alda, então, ligou para Alisson, perguntando o motivo da agressividade do marido. Regressando, preocupado, à residência da irmã, a vítima ainda tentou conversar com Saulo, quando, sem chances de se defender, recebeu 11 tiros em várias partes do corpo, falecendo no local.