Peritos alagoanos integram grupo nacional‏

  • annaclaudia
  • 25/06/2009 06:16
  • Maceió
A convite do ministro Paulo Vannuchi, secretário Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República, os peritos alagoanos Ana Márcia Nunes Mello de Mattos, Nicholas Soares Passos e Adenaule James Geber de Melo estão nesta quinta-feira (25) em Brasília, para uma solenidade na qual serão apresentados como integrantes do Grupo Multidisciplinar de Peritos Independentes para Prevenção da Tortura e Violência Institucional.

Este grupo é formado por peritos criminais e médicos legistas de todo o Brasil, selecionados pela coordenação-geral em Brasília. Seus componentes têm como função fazer acompanhamento de casos em qualquer parte da nação, produzindo relatórios independentes. Ou seja, uma contra perícia incluindo entrevistas e perícias com vítimas, estudo de procedimentos para exames periciais em locais de crime e em objetos, suspeitos de ligação a caso de tortura, visitas a estabelecimentos prisionais e outros locais de privação de liberdade, além de fornecer respostas a quesitos oriundos da investigação e da Justiça.

A solenidade será iniciada às 11h com a fala do coordenador-geral Dr. Pedro Montenegro e às 11h40 está prevista a assinatura da portaria pelo ministro Vannuchi, a qual institui no âmbito da Secretaria Especial dos Direitos Humanos Humanos da Presidência da República, o Grupo de Peritos Independentes.