Austríaca tinha ferimentos em lados distintos da cabeça

  • annaclaudia
  • 25/06/2009 08:56
  • Brasil/Mundo

A técnica de enfermagem que trabalha na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) onde a menina austríaca Sophie Zanger, 4 anos, foi atendida disse que a criança apresentava ferimentos em lados distintos da cabeça. Deise Bastos afirma ter visto um corte no lado direito e um afundamento na nuca.

Sophie foi encontrada caída no banheiro da casa de sua tia materna. A menina foi levada por vizinhos para um hospital com traumatismo craniano, hematomas e pulsos quebrados. Ela ficou em coma durante uma semana e morreu na última sexta-feira. A tia e uma prima da vítima são suspeitas de cometer as agressões.

"A morte pode até ter sido ocasionada pela queda (no banheiro), mas não acredito que uma queda provocaria lesões em dos lados distintos da cabeça", comentou Deise. Segundo ela, a menina tinha hematomas antigos no corpo, a mão esquerda estava fraturada e a mão direita bastante inchada.

O delegado da 36ª DP (Santa Cruz), Aguinaldo Ribeiro, espera receber hoje o laudo do Instituto Médico-Legal (IML) para pedir a prisão preventiva das acusadas. Ele ainda deve ouvir o médico do hospital que fotografou o corpo da menina e os médicos da UPA que chamaram a polícia.