Reprodução/ Minuto Sertão Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Uma alagoana morreu na madrugada desta terça-feira (11), no Estado do Pará, vítima de um grave acidente envolvendo três carretas. Conforme informações obtidas pelo Minuto Sertão com o Portal Giro, site local, o grave acidente foi registrado na Rodovia Transamazônica, no KM 15, entre os municípios de Miritituba e Campo Verde.

A vítima identificada como: Luciene França Alves, de 57 anos, estava no interior de uma carreta que era conduzida por seu esposo identificado como: Cleuvan, durante a madrugada, quando Luciene teria retirado seu cinto de segurança para olhar o filho do casal que estaria deitado numa cama na parte de trás da cabine da carreta, o esposo teria sido surpreendido por uma outra carreta  que estava na rodovia parada e sem nenhuma sinalização ou luzes acesas, o caminhoneiro teria desviado do veículo vindo a colidir em uma outra carreta que seguia no sentido contrário.

Com o impacto da colisão, a alagoana teria sido arremessada pela janela da cabine da carreta para fora vindo a cair na rodovia, O corpo de Luciene teria ficado soterrado sobre um grande volume de soja que derramou na pista de uma das carretas que transportava o que dificultou na localização do corpo. Outras vítimas, que seriam dois adultos e um adolescente, ficaram feridos, foram socorridos e encaminhados para o Hospital Municipal de Itaituba (HMI).

Pessoas que teriam presenciado o acidente falaram a reportagem do site local sobre o sinistro:

''Quando eu vi era o acidente, e um garoto de uns 15 anos, ensaguenteado, saindo na pista, desorientado, chorando e falando da mãe dele, pedindo lanterna. Eu desci, vi três carretas envolvidas. Uma das carretas estava parada sem sinalização," Disse uma pessoa que esteve no local do acidente.

"O marido relatou que a esposa havia acabado de tirar o cinto de segurança para deitar, teria sido neste momento que houve o acidente,'' finalizou o informante.

Luciene, era popularmente conhecida como: ''Galega'' e filha do ex-vereador do município de Batalha, Sertão de Alagoas, conhecido como: Zé Lourinho, de acordo com informações obtidas pelo Minuto Sertão, ela teria residido no município de Belo Monte e estaria residindo atualmente no Estado do Mato Grosso.