Prefeito Álvaro Melo faz balanço positivo das ações realizadas na Saúde

  • Assessoria
  • 20/04/2015 12:44
  • Política
Divulgação

O prefeito de Lagoa da Canoa, Álvaro Melo (PMDB), fez um balanço positivo das ações realizadas na área da Saúde nestes quase dois anos e meio de gestão. Apesar de satisfeito com os avanços alcançados, o prefeito afirma que muito ainda terá que ser feito, pois a Saúde é uma prioridade em seu governo, que tenta vencer as dificuldades enfrentadas por conta dos poucos recursos enviados pelo governo federal.

Entre as principais conquistas do povo canoense na área da Saúde estão a construção da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Povoado Antonica e a reforma da UBS do Povoado Alexandre, assim de como todas as demais da zona rural. A Casa Maternal e Ambulatório 24 Horas foi reformada, assim como a modernização da Farmácia Municipal.

A Saúde canoense ainda foi contemplada com sete veículos, sendo duas ambulâncias, dois veículos de passeio, duas camionetes Amarok e uma motocicleta para o setor de Endemias. A ambulância Cidadã do Município também foi totalmente recuperada, oferecendo mais conforto e segurança para os pacientes e os profissionais que os conduzem.

Durante o período, o Município realizou mais de 60 mil consultas médicas, 462 procedimentos cirúrgicos e 743 exames. As consultas médicas básicas somaram 42.599, seguida das consultas e tratamento odontológico (7.372), consultas e tratamento com fisioterapia (4.664), atendimentos médicos de emergência (3.300), consultas médicas especializadas (1.313). O município ainda realizou 735 consultas ginecológicas, 464 atendimentos oftalmológicos, 128 consultas cardiológicas e 55 atendimentos médicos especializados da alta complexidade.

Ainda foram contabilizadas 267 cirurgias de média e alta complexidade e 195 pequenas cirurgias, além de 600 exames de ultrassonografia e 143 exames especializados de alta complexidade.

A Secretaria Municipal de Saúde, com o total apoio do prefeito Álvaro Melo realizou a inspeção sanitária em estabelecimentos comerciais do município; a implantação dos programas PMAQ, NASF e de Promoção à Saúde, além da criação do Centro de Informação e Saúde (CIS). No período ainda foi feita a reformulação do funcionamento do CAPS e a readequação do Laboratório de endemias, além de diversas campanhas educativas sobre saúde e qualidade de vida.