Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Profissionais da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) concluíram, na noite de domingo (5), o conserto de uma adutora que sai de Santana e cruza o leito do Rio Ipanema para abastecer, com água potável, os municípios Poço das Trincheiras, Maravilha e Ouro Branco.

O trecho, que estava rompido, fica justamente no leito do rio e foi danificado no começo da semana passada, quando uma inundação causou estragos em Santana do Ipanema. Os técnicos da Unidade de Negócio Bacia Leiteira, da Casal, tiveram que esperar o nível do rio baixar para primeiro identificar o ponto exato do rompimento da tubulação e, depois, iniciar o trabalho com segurança, o que foi feito na quinta-feira (2).

Devido ao risco de nova inundação, o trabalho teve que ser suspenso, em parte, sexta (3) e sábado (4), sendo retomado no domingo (5). Com o compromisso de finalizar o serviço o mais brevemente possível para garantir o retorno do abastecimento, os profissionais trabalharam até por volta das 21h desse domingo.

Na mesma noite, a água potável começou a chegar a Poço das Trincheiras. Nesses próximos dias, ela irá abastecer Maravilha e Ouro Branco. O manancial usado para abastecer essas e outras cidades da região é o Rio São Francisco, cuja captação do Sistema Coletivo fica em Pão de Açúcar.

Outra adutora rompida pela cheia do Rio Ipanema fica em Batalha e conduzia água tratada para atender Jaramataia, Major Izidoro e Cacimbinhas. O trecho da tubulação danificada, com 300mm de diâmetro, fica ao lado da ponte, na rodovia AL-220.

Devido à complexidade da situação, foi preciso esperar o nível do rio baixar para avaliar qual a melhor forma de efetuar o conserto. O trabalho começou nesta segunda-feira (6) e tem previsão de ser concluído nesta terça (7), a partir de quando o abastecimento será retomado gradativamente.