Norte-americanos devem quase seis Petrobras aos cartões de crédito

  • master
  • 27/06/2009 22:10
  • Negócios

Em meio à mais grave crise econômica das últimas décadas, o “calote” nos cartões de crédito atingiu níveis recordes nos Estados Unidos.

 

Juntos, os americanos devem às operadoras de cartões US$ 931 bilhões, segundo a Credit.com, empresa que faz avaliação de crédito nos EUA. A cifra é quase seis vezes o valor de mercado da Petrobras, a maior empresa brasileira.

 

Há hoje em circulação nos EUA, segundo Adam Levin, presidente da Credit.com, cerca de 800 milhões de cartões – uma média de seis para cada cliente do sistema (para efeito de comparação, no Brasil há cerca de 128 milhões de cartões).

 

“É muito cartão de crédito”, aponta o executivo. Com números tão altos, as empresas projetam perdas de US$ 90 bilhões este ano em dívidas que já não têm esperança de receber.

No mês passado, a dívida média dos americanos com o cartão de crédito chegou a US$ 7,3 mil. Consequência, dizem os analistas, da irresponsabilidade tanto das administradoras quanto dos consumidores.

“As empresas emprestaram irresponsavelmente, os consumidores gastaram irresponsavelmente, todo mundo estava acreditando que amanhã seria ainda melhor do que hoje. E aí tivemos a virada, o desemprego, e esse cenário mudou”, explica Levin.