PRF/AL Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O motorista de um caminhão cegonha foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta quarta-feira (13), após ter provocado um acidente na BR-423 em Canapi. Conforme informações divulgadas pela assessoria de Comunicação da PRF, ele provocou o acidente, com lesão corporal na vítima e fugiu do local omitindo o socorro.

Por volta das 11 horas, os policiais rodoviários federais foram acionados para atender um capotamento no km 30, da BR 423. No local encontraram a motorista com lesões leves. Ela contou que vinha em sua mão de direção, quando foi surpreendida por um caminhão cegonha carregado, que invadiu sua via. Para evitar a colisão frontal, ela desviou para o acostamento, mas perdeu o controle do veículo, que capotou na rodovia.

O caminhoneiro seguiu viagem e não parou para prestar socorro à vítima, o que é considerado um agravante ao crime que ele já havia provocado: a lesão corporal culposa na direção de veículo.

O homem foi parado à tarde em Garanhuns/PE e encaminhado a Unidade Operacional de Polícia (UOP) do Carié para dar prosseguimento à ocorrência.

Os policiais fizeram o teste de etilômetro no motorista, mas não foi constatado que ele havia ingerido bebida alcóolica. Ele confessou que invadiu a faixa contrária de sua direção, porque se espantou com besouros que entraram na cabine no veículo. Ao ser questionado por que seguiu viagem mesmo tendo causado um acidente de trânsito, ele desconversou.

O homem, de 41 anos, que havia saído de Salvador/Bahia com destino a Recife/PE, foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Delmiro Gouveia.