Lucas Malta Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Local onde homem estaria praticando estelionato, agência bancária em Santana do Ipanema

Um homem identificado pela Polícia Civil da 2ª Delegacia Regional de Santana do Ipanema, Sertão de Alagoas (2ª DRP), por praticar o crime de estelionato contra um beneficiário do auxílio emergencial de R$ 600, em maio, estaria atuando em uma agência bancária na cidade de Santana do Ipanema. Na ocasião, segundo foi informado pelo site G1 AL, a vítima procurou a delegacia na semana anterior para registrar uma denúncia. “O beneficiário relatou que o homem, “auxiliando-o” no manuseio do saque com o cartão, sacou o dinheiro, obtendo a importância financeira e depois informou a vítima que o benefício, no valor de R$ 1.800, não tinha sido creditado”,  relatou o delegado Hugo Leonardo.

O delegado disse ainda que por não ter sido delito em flagrante, o homem foi ouvido na Delegacia Regional de Santana do Ipanema e passou a responder pelo crime em liberdade.

Um mês após o ocorrido, o Minuto Sertão recebeu a informação, de que o acusado de 45 anos de idade, continua praticando o crime de estelionato na mesma agência bancária. Informações dão conta de que o acusado comercializa salgados em frente a agência e estaria se oferecendo para suposta ajuda em sacar o auxílio emergencial e acaba retirando o dinheiro das vítimas sem que elas percebam e alega que o benefício não estaria disponível para as mesmas. 

A Polícia Civil orienta à população que não forneça senha nem cartão bancário a pessoas desconhecidas. O Ministério Público de Alagoas (MP/AL), chegou a oferecer denúncia em desfavor do acusado, veja na galeria abaixo: