Dólar sobe 1,23% no primeiro pregão da semana

  • teresa
  • 29/06/2009 20:19
  • Negócios
A moeda norte-americana fechou o primeiro pregão da semana com valorização . O dólar fechou o pregão desta segunda-feira (29) com alta de 1,23%, aos R$ 1,963.

Segundo o operador de câmbio da Fair Corretora, José Roberto Carreira, a valorização da moeda norte-americana no mercado local foi impulsionada pela compra de dólares por bancos, para cobrir posições vendidas diante da liquidação de contratos na terça-feira (30), fechamento do mês. "Amanhã é dia de formação de Ptax para os contratos no mercado futuro e os bancos estão antecipando suas compras de dólares para cobrir parte de suas posições vendidas."

"O que está acontecendo é que os bancos estão comprando dólares para refazerem posição no mercado futuro, e isso está fazendo o dólar subir", avaliou Clodoir Vieira, economista-chefe da corretora Souza Barros.

Segundo o diretor-executivo da NGO Corretora, Sidnei Moura Nehme, os bancos reduziram suas posições vendidas de cerca de US$ 7 bilhões na semana passada para a faixa de US$ 4 bilhões, enquanto os investidores estrangeiros inverterem as posições no mercado futuro de câmbio, passando a ficar "vendidos" em dólares desde o dia 25.

Nehme destacou que o dólar recuou na semana passada por conta da participação de investidores estrangeiros na oferta de ações da Visanet, que levantou R$ 8,4 bilhões. Mas essa pressão para a queda da moeda norte-americana, segundo ele, foi se reduzindo com os investidores buscando "corrigir" suas posições.

Mercado financeiro

Nesta segunda, o governo brasileiro anunciou prorrogação da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para o setor automobilístico, para eletrodomésticos e para material de construção.

No mercado financeiro internacional, os mercados acionários europeus encerraram com valorização nesta segunda. O índice FTSEurofirst300, principal referência das bolsas de valores europeias, fechou em alta de 1,72%, a 859 pontos, após acumular queda de quase 2% na semana passada.

Sexta-feira

A continuidade da entrada de dinheiro externo na economia brasileira estimulou nova queda do dólar comercial na sexta-feira (26). A moeda americana registrou desvalorização de 0,66% ao fim do pregão do dia, fechando a R$ 1,939 para a venda.

A retração da taxa de câmbio ficou em 1,72% sobre o resultado de sexta-feira da semana passada (dia 19), quando o dólar comercial terminou valendo R$ 1,973 para a venda.