Farrah Fawcett doa parte da herança para combate à violência doméstica

  • teresa
  • 29/06/2009 23:55
  • Brasil/Mundo
A atriz Farrah Fawcett, que morreu nesta quinta-feira (25) depois de uma longa batalha contra o câncer, deixou parte de sua herança para vários abrigos que acolhem mulheres vítimas de violência doméstica, diz o site Radar On-Line.

Além do seu papel como uma das “Panteras” na série de TV dos anos 70, Fawcett interpretou Francine Hughes, a protagonista do telefilme “Cama ardente” (“The burning bed”, de 1984.) Baseado em fatos reais, o longa conta a história de Francine, que incendiou o marido depois de sofrer por anos com suas agressões.

Hughes foi inocentada da acusação de assassinato por ser considerada mentalmente incapaz – foi um dos primeiros casos bem-sucedidos a usar a “síndrome da mulher agredida” como tese de defesa. Elogiada pelo papel, Fawcett seguiu apoiando a causa contra violência doméstica durante o resto da sua vida.