ÁUDIO E VÍDEO: Ônibus fica sem freios, passa por cima de Desfile Junino e deixa vários mortos no Pilar

  • teresa
  • 29/06/2009 16:00
  • Municípios

Um ônibus desgovernado provocou um acidente, no início da noite desta segunda (29), na cidade do Pilar. O veículo desceu a ladeira do Cruzeiro, situada na Rua Cyridião Durval, no bairro Padre Cícero, perdeu os freios, bateu em cinco caminhões que transportavam pessoas para a festividade e atingiu várias outras que estavam na rua.

Viaturas do Corpo de Bombeiros e dez ambulâncias do Samu foram deslocadas para a ocorrência. A Tenente Cristiane do Corpo de Bombeiros falou para a reportagem do Cadaminuto, que foi uma das maiores operações realizadas no estado. “Nós não temos o número exato de vítimas, principalmente aquelas que foram encaminhadas para o HGE. Nós não temos nenhuma informação precisa sobre o estado de saúdes delas. Essa foi o maior acidente envolvendo esse número de vítimas que já ultrapassam 25”, disse a Tenente. 

 

"O ônibus que estava com 40 pessoas bateu em quatro caminhões e arrastou os veículos que passaram em cima de um palhoção onde acontecia um desfile de carroças. No momento, acontecia o casamento matuto e estava com várias pessoas, foi uma tragédia horrível", explicou uma enfermeira que presenciou o acidente.

Um policial confirmou à equipe do Cadaminuto que o motorista do ônibus, identificado como Márcio, estava embriagado e fugiu do local. “Segundo o que os populares afirmaram, o motorista estava alcoolizado e fugiu do local. Não há pistas dele”, explicou o cabo Fidélis um dos primeiros a chegar ao local. 

Os veículos envolvidos foram um ônibus que provocou o acidente de placa de Pilar LIU 4354, uma F4000 branca Atalaia MUS 0900, UmaMercedes Amarela MUF-4046 Murici e uma Mercedes 710 MUI 5989 Arapiraca, F-4000 de cor roxa, placa MUS-6136/AL e outro que não foram identificado. José Bernardino, 29, um dos motoristas que transportavam pessoas, explicou ao CadaMinuto como foi o acidente. “Recebi três pancadas, uma atrás da outra, fui freando o máximo para não machucar as pessoas que estavam em cima do caminhão”, disse aterrorizado.       

Quatro mortos foram identificados como João Victor de 16 anos, José Carlos Araújo Rocha de 16 anos, Biu Xavier e Nilton Silva, que era morador da Rua Barão de Atalaia na cidade do Pilar. Cinco cavalos também foram mortos.

Pelo menos 29 pessoas já deram entrada no Hospital Geral do Estado e estão na Zona Vermelha, oito estão na sala de cirurgia e um morreu, um homem identificado como Sinvaldo, natural de Marimbondo.

O último dia de festa foi cancelado. Se apresentariam em Pilar as bandas: Celebridades do Forró e Mastruz com Leite - que teve o ônibus assaltado antes de chegar à cidade.  

Tragédia anunciada
 
A festividade do Casamento Matuto já é tradição na cidade. Há 15 anos só participavam do evento carroças ornamentadas, ao invés de caminhões transportando pessoas com estilo junino. A reportagem do Cadaminuto apurou que nenhum dos veículos que participam, passa por algum tipo de revisão antes do evento. Não existe critério e nenhuma fiscalização para participar. 

Além disso, é servido em cima dos caminhões bebidas alcoólicas para todas as pessoas, inclusive para adolescentes com idade inferior a 18 anos.

 

Ouça a reportagem completa