Vica enaltece campanha de 2015 e destaca trabalho da direção

  • Assessoria
  • 08/07/2015 11:16
  • Esporte
Vica

Durante entrevista concedida à Rádio Novo Nordeste nessa terça-feira (7), o técnico Vica afirmou não ver surpresas na campanha realizada pelo alvinegro em 2015, assegurando que tudo que está acontecendo nesta temporada é fruto de muito trabalho da comissão técnica, diretoria e do elenco do ASA.

 

O treinador mostrou-se identificado com o povo arapiraquense e parabenizou a diretoria alvinegra pelo trabalho e parceria que vem sendo feita durante todos esses meses de convívio.

 

- O diferencial de trabalhar aqui no ASA é que a direção compreende, escuta e respeita as opiniões dadas. É muito melhor estar inteirado dos problemas vividos pelo clube, para que isso possamos conversar e passar o que está acontecendo aos jogadores.

 

Quanto ao imbróglio da venda do mando de campo do jogo entre ASA e Palmeiras, partida válida pela terceira fase da Copa do Brasil, o comandante alvinegro afirmou que gostaria que o jogo pudesse ser realizado em Arapiraca, mas que compreendeu a posição do clube, quanto aos seus compromissos financeiros.

 

- Lógico que nós queríamos que o jogo acontecesse em Arapiraca, ao lado da nossa torcida, mas a parte financeira pesa nesses momentos de dificuldade que o clube vem atravessando. Mas isso não quer dizer que vamos lá para perder, vamos tentar surpreender mais uma vez o Palmeiras.

 

Já no que se diz respeito à campanha realizada pelo clube arapiraquense, Vica foi conciso em dizer que os jogadores entenderam a metodologia aplicada e o lema “se não der para ganhar, pelo menos não perde”.

 

- Os jogadores entenderam isso, eles compraram essa ideia e os atletas estão tendo uma visão de profissionalismo muito grande. O dia a dia é muito trabalho.

 

Vica agora prepara o time para o confronto do próximo sábado (11), diante da equipe do Salgueiro, partida válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, no Estádio Municipal Cornélio de Barros, em Salgueiro, Pernambuco.