JGNOTICIAS - reprodução

O site jgnotícias esteve com o prefeito de Joaquim Gomes, Antonio de Araújo Barros, em entrevista ao site fez uma denúncia gravíssima, ele acusa Amara Cristina da Soledade, Cristina Brandão, que, quando esteve prefeita do município teria recebido em troca de imposto, um apartamento.

Ainda no ano passado, o prefeito interino José Marcelino da Silva, teria vazado essa acusação, onde assessores chegaram a afirmar que, o imposto que deveria ser repassado ao município foi quitado em troca de um apartamento, logo em seguida nossa reportagem recebeu ligação da então prefeita da época, Cristina Brandão, ela disse ao site que, tudo não passava de uma armação mentirosa, vindo do ex-prefeito e seus aliados, chegou a chamar Nego Sarrapião e Neno da Rosa de mentirosos.

Mas hoje surge novamente o mesmo assunto, dessa vez, Toinho Batista conversa com o jgnotícias e mostra a foto do condomínio, onde fica localizado no bairro nobre de Maceió, no edifício Nantes na Ponta Verde, a denúncia diz que Cristina Brandão teria adquirido em troca do ITBI - Imposto de Transmissão de Bens Imóveis, quando o representante da empresa Ancil - Andréa Construções e incorporações – ltda, teria comprado uma propriedade, denominada Fazenda Angelim, o valor na época (2007) foi de R$ 2,7 milhões, quando o imposto a ser repassado ao município seria de quase R$ 190mil, segundo o atual prefeito, o representante ofereceu em troca do débito o tal apartamento, que seria equivalente ao valor do imposto.

Amara Cristina da Soledade aceitou a proposta, assim diz o prefeito e logo deu documentação ao representante que comprova a quitação do imóvel, o prefeito diz que teve acesso ao documento e ainda apresentou a nossa reportagem a cópia do contrato, onde comprova o instrumento de compra e venda, que aparece como vendedor o representante da Ancil e como comprador a Prefeitura Municipal de Joaquim Gomes, quando a ex-prefeita estava no cargo do executivo.

A denúncia é grave, uma vez que a lei não permite que o município receba em troca de pagamento de imposto, bens, principalmente para uso pessoal, Toinho Batista afirmou que, já fez contato com o representante da Ancil, e logo o mesmo confirmou a negociação e apresentou documento que prova sua quitação e em troca deu o apartamento, as informações apontam que, atualmente esse apartamento está avaliado em R$ 400mil reais, mais do dobro do valor do imposto a ser repassado.

Questionamos o prefeito sobre o que fazer, já que disse estar com a chave do prédio, já visitou o local e percebeu que está vazio, ele disse que não vai aceitar esse bem para o município, e que a população quer saber onde ficou o dinheiro do ITBI, com isso já acionou o setor jurídico para logo encontrar meios legais de transformar esse apartamento em dinheiro para poder repor aos cofres públicos o que de fato e direito deveria ser recebido quando na compra da propriedade Angelim.

Batista vai acionar a justiça, ele disse que além dessa acusação, outras denúncias deverão apontar Cristina Brandão como responsável por desvio de dinheiro público, além dela ele diz que os ex-prefeitos interinos também foram responsáveis por irregularidades e logo serão colocadas ao público.

Em Entrevista ao site, o prefeito disse que a ação além de ser ilegal é criminosa e não pode ficar impune. O prefeito revelou que, o apartamento que teria sido entregue em troca do Imposto é de número 1007, no condomínio Nantes.

Estamos apurando novas informações para logo serem divulgadas.