Três dias após o final da 49ª Festa da Juventude diversas autoridades se reuniram no auditório do Fórum Desembargador Hélio Cabral, em Santana do Ipanema, nesta quarta-feira (20), com o objetivo de fazer um balanço geral sobre o evento.

A reunião contou com a participação do Ministério Público, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, Conselho Tutelar, Comerciantes e a Comissão Organizadora da festa.

A abertura ficou por conta do Promotor de Justiça Luiz Tenório, o qual se mostrou bastante satisfeito com as ações e o andamento do planejamento realizado durante todo o período que antecedeu a festa.

“Recebi diversas ligações de pessoas parabenizando a atuação de todos envolvidos na festa e elogiando o modelo proposto da Festa da Juventude este ano”, relatou o promotor.

Economia

Durante toda a reunião alguns membros da sociedade civil debateram sobre os pontos positivos, além de alguns negativos. O presidente da Associação Comercial de Santana do Ipanema, Josinaldo Soares, levou à reunião uma pesquisa realizada no comércio local sobre as questões econômicas e ressaltou que a cidade teve ganhos e perdas.

“De acordo com a pesquisa, o consumo interno (em casa) teve um crescimento, já que a população acabou se resguardando durante o dia e frenquentou a cidade durante as noites da festa, o que consequentemente acabou afetando os restaurantes, que tiveram uma queda em seu faturamento”, explicou o empresário.

O empresário Abdon Marques “Nenen”, responsável por um dos hotéis da cidade, também comentou sobre a questão econômica e se disse satisfeito sobre o balanço da festa.

“No que tange o meu empreendimento, tivemos que nos adaptar este ano, mas isso não foi motivo de prejuízo, já que o público da festa também alterou e por isso atendemos a diversas pessoas” disse Nenen.

Segurança

O Major Monteiro, responsável pela organização da segurança na festa, falou sobre sua primeira experiência com este evento e disse que, apesar de alguns acontecimentos fora do planejamento, ficou satisfeito pelo resultado obtido.

“Como esse foi o primeiro planejamento da Polícia Militar para a festa da Juventude, pra nós tudo era novo. Então fomos conhecendo o perfil do público envolvido e tomando as devidas providencias” esclareceu o oficial.

Monteiro ainda relatou: “essa tarefa é um trabalho conjunto e a população também precisa nos ajudar, pois antes do evento fizemos várias reuniões e divulgamos as ações que seriam tomadas.”

Prevenções

Além das ações ostensivas realizadas pela PM, outras atuações preventivas foram tomadas, como relata o representante da Polícia Rodoviária Federal que lembrou ter estado com quatro equipes atuando em caráter de plantão durante todo o fim de semana.

“No ponto de vista da PRF o evento ocorreu na devida tranqüilidade, e dentro do previsto. Algumas autuações, apreensões, mas nada de anormal”, relatou o agente rodoviário.

Além da PRF, órgãos como: o Corpo de Bombeiros, SAMU, e Conselho Tutelar se mostraram satisfação pela atuação na festa.

Resultado Final

Ao final da Reunião o presidente da Comissão Organizadora, Jailson discorreu sobre o ponto de vista daquele grupo sobre as ações ali discutidas.

“Pela primeira vez organizamos o transito, as barracas e conseguimos atender as exigências das autoridades competentes sobre a segurança. Tivemos algumas discórdias, mas no final agradeço a todos que tiveram engajados para a realização deste evento” disse o membro da organização.

Para finalizar a reunião o Major Monteiro também teceu agradecimentos aos todos setores envolvidos no evento, e apresentou um breve “raio X” da festa, o qual, em seu ponto de vista, foi um sucesso.